sábado, 31 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 472

 - Captain America 431 (Setembro de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 212 ("A Próxima Geração")

* "The Next Generation" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

O estado de saúde o Capitão América piorou. Seus reflexos, flexibilidade e força foram reduzidos em até 40%. A deterioração ocorreu mais rápido do que o Dr. Kincaid imaginava. É claro que esse resultado tem a ver com o fato de que o Capitão não tem se poupado. O herói ainda prefere manter seu estado no anonimato. Não quer nem mesmo revelar a seus colegas dos Vingadores. O Dr. Henry Pym poderia ajudá-lo, mas ele não quer revelar nem com o risco de perder os movimentos do corpo. E analisar suas células sem que o soro do supersoldado revelasse de quem se trata está fora de cogitação. A força do Capitão América tem desaparecido em momentos de tensão devido a um efeito contrário ao causado pela adrenalina que, ao invés de lhe dar energia, tem lhe exaurido. Kincaid pede que o herói compareça todas as semanas a seu consultório. Ao sair, o herói não encontra Rachel, que imaginava estar lhe esperando.

Steve visita Fabian para verificar se um pedido seu já está pronto: uma espécie de colete que poderá suprir seus momentos de fraqueza. Rachel chega ao laboratório de Fabian e pede para falar com o Capitão em particular, interrompendo os teste do colete. Lá fora, uma má notícia: Rachel diz que quer terminar o relacionamento com o Capitão. Ela está chateada, entre outras coisas, por tê-lo salvo de Damon Dran, sem nem ao menos receber um obrigado. Além disso, lhe incomoda o fato dela ser uma criminosa e acabar sujando a imagem do Capitão, algo que ele acha bobagem. A conversa é interrompida por um sinal do Visão, que parece ter descoberto as crianças seqüestradas... no castelo do Barão Zemo! Imediatamente ele parte... e pede a ajuda de Cascavel.

Na fronteira com o México, Moonhunter deixa Capitão e Cascavel planando sobre o Castelo de Zemo. Logo de cara, descobrem um enorme playground em um pátio do castelo. O novo sensor de movimento localiza dezenas de presenças físicas... e que revelam ser vários plastóides, andróides feitos de resina que servem Zemo. O Capitão pede que Cascavel mantenha a calma, pois as criaturas irão guiá-los até Zemo.

Dentro do castelo, Capitão América é recepcionado não só por Zemo, como por sua esposa, a Baronesa. Um detalhe importante, é que o vilão, outrora desfigurado, parece ter recuperado seu rosto normal. Quando o Capitão acusa Zemo de seqüestrar crianças, o vilão diz que, na verdade, ele e sua esposa adotaram 25 crianças. Para provar, ele chama as crianças para o salão principal. Elas chega e demonstram imenso carinho pelo casal de vilões. O herói desconfia de lavagem cerebral, mas Zemo diz que as crianças estão sendo educadas num ambiente familiar, para amar e honrar seus pais... e odiar seus inimigos. Para provar, o vilão pede que as crianças façam uma surpresa ao Capitão. Todas atendem... apontando armas para o herói e sua parceira.

Continua...

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 471

 - Captain America 430 (Agosto de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 212 ("Justiça Cega")

* "Cop Out" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Em uma mansão em Nova Orleans, Capitão América e o Americop estão diante de um vilão, dono do local, que capturou Rachel e Moonhunter. O vilão exige que eles larguem as armas. Mas o Americop parece não se importar em arriscar as vítimas. É o suficiente para que o Capitão faça algo... e tente deter o Americop antes que ele piore as coisas. No meio da luta entre os dois, Rachel consegue se livrar dos capangas do vilão, mas ele lança uma espécie de bomba de gás. No meio da confusão, Americop descarrega sua arma no vilão... mas nada lhe acontece. Ele explica que é Damon Dran, também conhecido como Homem Indestrutível. Balas, gás, veneno... nada o afeta.

Mesmo com os pulmões estourando, Capitão América tenta salvar Moonhunter no meio do gás. Mas chega até seu limite... e desmaia.

Mais tarde, Capitão América, Americop e Moonhunter estão acorrentados em uma grande sala. Damon ordena que a máscara do Americop seja retirada... mas o rosto lhe é desconhecido. Antes que seja torturado, Americop revela que seu nome é Bart Gallows. Ele era policial em Houston, até se cansar da incapacidade da lei. Todos os criminosos que prendia... a lei soltava. Cansado, ele pediu demissão da corporação e se tornou um oficial independente... um agente da justiça (a seu ver). Todo seu arsenal foi financiado com dinheiro confiscado de traficantes de drogas. Ele ainda revela que chegou até Damon, pois o vilão é suspeito de seqüestro de crianças. De fato, Damon revela que muitos clientes no exterior pagam muito bem por crianças sadias. Damon deixa os dois aos cuidados de seus capangas, que começam a espancá-los. Ainda assim, o vilão diz para não matá-los. Principalmente o Capitão América, que poderá se tornar uma vítima lucrativa.

Quinze minutos de torturas depois, Capitão e Americop ainda estão acorrentados. Para a surpresa do Capitão, seu "parceiro' força as correntes e consegue se soltar... algo que ele também conseguiria, caso a deterioração de seu organismo não estivesse em andamento. Americop parte sem ajudar o Capitão. Logo em seguida, a mulher que estava enjaulada, como isca para o herói (pois trabalha para Damon), aparece e pergunta sobre o paradeiro do Americop. Capitão América diz não saber e alerta que o Americop irá matar seu chefe. De fato, o ex-policial encontra um depósito de armas e começa uma verdadeira chacina com os capangas de Damon. A auxiliar de Damon, mesmo ouvindo os apelos do Capitão, que pretende deter o Americop, o deixa preso.

O Capitão América tenta romper suas correntes, mas ele está muito fraco. No entanto, elas são destruídas em seguida... pela intervenção da Viúva Negra, que atendeu ao chamado de Rachel. Solto, o Capitão América instrui Rachel a procurar as supostas crianças seqüestradas juntamente com Moonhunter. Viúva Negra percebe que Steve não está bem.

Lá fora, Americop já assassinou dezenas de homens. Damon Dran, enquanto isso, está subindo para o seu helicóptero. Mais adiante, o Capitão vê o Americop... e percebe que ele pretende derrubar o helicóptero. Mesmo lançando seu escudo, o Capitão não consegue impedir Americop de agir e explodir o transporte de Damon.

Depois que o Americop parte, Damon Dran, o Homem Indestrutível, ainda está fumegando... mas é capturado pelos heróis. Rachel e Moonhunter não encontram crianças... mas encontram mercadorias ilegais o suficiente pra mandar o vilão para a cadeia. Perdido em pensamentos, Capitão América chega a conclusão de que foi inútil nessa missão. Talvez seja a hora do herói se aposentar.
A+:

* Não é a toa que a Viúva Negra auxilia nessa aventura. Afinal, o obscuro vilão Damon Dran é oriundo de aventuras do Demolidor, quando este fazia parceria com a Viúva em sua revista mensal (tal qual o Capitão com o Falcão durante um período). Ela chegou até mesmo a enfrentá-lo em uma aventura solo em sua própria série dentro da revista Marvel Fanfare. Mais um resgate de personagem obscuro feito pelo escritor Mark Gruenwald.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 470

 - Captain America 429 (Julho de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 211 ("Decadência")

* "The Beaten Path" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Após enfrentar o Americop, Capitão América permanece na cena do crime e é preso pela polícia local. O xerife não parece acreditar que está diante do verdadeiro Capitão. Valendo-se do seu direito a uma ligação, Steve Rogers contata Peggy Carter. Logo em seguida, o xerife é convencido de que está diante do verdadeiro herói... pelo presidente dos Estados Unidos.

No contato com Peggy Carter, Capitão América é informado Rachel ainda não deu nenhum sinal em sua busca por Boca-de-Leão. Os músculos do herói começam a doer, independente do esforço. Sua deterioração parece estar piorando.

Rachel finalmente dá sua localização e o Capitão América chega até uma mansão, onde uma mulher está enjaulada. Mas tudo parece ser uma armadilha, uma vez que a mulher o trai e um gigantesco homem o imobiliza. Assim que o herói se livra... o carro do Americop invade a mansão. Eles parecem estar seguindo a mesma pista. Logo, um homem que parece ser o dono da mansão, aparece... com seu empregados carregando Rachel e Moonhunter.

Continua...

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 469

 - Captain America 428 (Junho de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 211 ("Policiando a Nação")

* "Policing the Nation" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

No distrito policial de Manhattan, Cascavel e Capitão América entregam o vilão que se passava por Raio Azul e auxiliava o novo Superpatriota. Ele explica que tem poderes de imitar vilões mortos, apenas encostando no cadáver. Para demonstrar... ele se transforma em Boca-de-Leão. A demonstração desconcerta Cascavel, que entra na sala de interrogatório e quer saber onde o vilão encontrou o corpo de sua antiga inimiga. Ele diz que foi em Nova Orleans. Agora, ela tem uma pista para saber se realmente matou Boca-de-Leão. Se realmente é uma assassina. O piloto Moonhunter segue com ela para Nova Orleans.

De volta ao Brooklyn, local do incêndio durante a batalha do Capitão América com o Superpatriota, o herói descobre que não foi encontrado nenhum corpo entre os escombros. O vilão pode estar vivo. 

Quando retorna para a Mansão, o Capitão América recebe uma ilustre visita: seu amigo Arnie Roth, que parece ter decidido trabalhar com a equipe do Capitão. Ao apresentar a sala de comunicação, uma chamada mostra ao Capitão que um elemento vestido de vermelho, azul e branco andou cometendo assassinatos em Virgínia. Desconfiado que seja o Superpatriota, o herói segue para o local.

No caminho, o Capitão escuta explosões e tiros. Decidindo investigar, encontra um homem trajando um uniforme que lembra um policial e que se identifica como Americop, o maior policial do país. Usando uma espécie de máscara que lhe cobre o rosto, o Americop parece ter capturado criminosos e está prestes a executá-los. o Capitão América detém a chacina e Americop não vê isso com bons olhos. O Capitão desfere golpes contra o policial, mas ele não parece se abalar. O pior é que o herói sente seus músculos perderem o controle, tendo outro ataque devido a sua deterioração. Logo, o Capitão se vê imobilizado e prestes a ser executado. Mas o som de sirenes se aproximando faz com que Americop deixe o local. Quando o herói se recupera, decide encarar a polícia... mesmo sendo suspeito em uma cena de crime.

Continua...

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 468

 - Captain America 427 (Maio de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 210 ("Fogo Inimigo")

* "Enemy Fire" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Cansado de nunca chegar a cena do crime onde seu impostor atua, Capitão América aceita a idéia de Cascavel em pedir ajuda a um companheiro dos vingadores que pode ser rápido o suficiente: Mercúrio. Quando Pietro (o Mercúrio) chega à Mansão, aceitando a missão de capturar o Superpatriota, ele só estranha o fato de Steve não querer treinar com ele no ginásio. O que Pietro não sabe é que o herói está em péssimas condições de saúde.

O plano com Mercúrio parece dar certo e o Capitão América finalmente alcança o Superpatriota. Para sua surpresa, seu rival parece ameaçar alguém que lhe é muito conhecida: Bernie Rosenthal. Mesmo com o auxílio de Cascavel (que também chegou ao local) e Mercúrio, o herói toma cuidado para não se exceder. O Superpatriota ainda tenta convencer que está ali para ajudar. Em um momento de distração, o Capitão é atingido por um disparo da arma do Superpatriota. O tiro pega de raspão. 

O local de batalha do Capitão América e do Superpatriota começa a se incendiar e uma viga cai sobre as pernas do vilão. O Capitão América, indo contra sua recomendação de não se esforçar, tenta ajudá-lo. Mas o esforço o faz ficar incapaz até mesmo de escapar do incêndio. Mercúrio, que havia perseguido o vilão Raio Azul (outro vilão que até então era dado como morto e que causou o incêndio) entra no local e consegue retirar o Capitão América. O Superpatriota, no entanto, parece não conseguir escapar das explosões.
A+:

* O desenhista Rik Levins deixou de ser o artista regular da revista do Capitão América algumas edições antes (não publicadas no Brasil). Foram praticamente três anos desenhando o Capitão América. Após sua passagem pelo título, Levins trabalhou para a editora Valiant Comics, em títulos como Hard Corps e XO Manoawar. Após, o artista se aventurou em trabalhar como design na indústria de vídeo games. Em 2010, Levins veio a falecer. Ele tinha 59 anos.

* Quem assume os desenhos do Capitão América é Dave Hoover, que iniciou sua carreira com desenhos animados, trabalhando na produção de Tarzan, Flash Gordon, He-Man, She-Ra, Os Superamigos, Os Smurfs, Godzilla, Robocop, entre outros.

* Na cena em que o Capitão América detém o jovem que rouba revistas em quadrinhos, o escritor Mark Gruenwald aproveita para dar mais uma alfinetada nos novos tempos dos anos 90. O jovem diz não se importar com a mensagem contida nos quadrinhos. Pegou-as apenas porque sabe que elas poderão valer mais com o passar de um tempo. De fato, havia uma exagerada especulação no mercado de quadrinhos da época, que supervalorizava as revistas. Muitas delas tinham capas com efeitos especiais metalizados ou em relevo para chamar a atenção do público e encarecer o produto. Seu conteúdo, no entanto, permanecia o mesmo (em alguns casos, com uma qualidade muito abaixo da costumeira). Ironicamente, edições do Capitão América também eram vendidas, nessa época, com algumas dessas capas especiais.

* Outra crítica de Gruenwald, nessa mesma época, vem do dono das revistas que foram roubadas, quando ele diz que prefere heróis como Wolverine e Justiceiro que eram mais violentos. Isso não deixou o Capitão América se sentindo ultrapassado a toa. De fato, os quadrinhos dos anos 90 tencionavam ser mais violentos graficamente, pouco dando importância para o roteiro ou mesmo para a mensagem a ser transmitida..

* E o escritor Mark Gruenwald continua com sua marca registrada em trazer personagens obscuros do universo Marvel. Aqui, chega ao cúmulo de trazer de volta até mesmo vilões que já morreram (explicação na próxima parte). Não poupa nem mesmo vilões que até ELE matou nas histórias em que escreveu.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 467

- Captain America 426 (Abril de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 209 ("Ídolos")

* "Graven Images" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Enquanto o Capitão América modera suas atividades devido a sua condição física (que, caso exceda os esforços, pode torná-lo paralítico), ele decide visitar seu amigo, Sam Wilson, também conhecido como Falcão.

Steve conta para Sam sobre seu possível imitador. Sam também já estava estranhando a forma de agir do "Capitão América" que aparece nos jornais ultimamente. Não demora muito e Steve é informado que o seu imitador está agindo novamente. Ele e Sam saem para investigar com suas respectivas identidades de Capitão América e Falcão. Infelizmente, quando chegam ao local onde o imitador foi avistado... ele já havia partido. Pior: Peggy informa que ele capturou integrantes terroristas da Frente de Libertação Mutante, aparentemente ajudando a polícia. Seu impostor continua um passo à frente do Capitão América. Quem será ele?

Continua...

domingo, 25 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 466

 - Captain America 425 (Março de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 209 ("Jogos Superpatrióticos")

* "Super Patriot Games" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Dave Hoover e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América se sente estranho. Além de sua coordenação estar ruim, ele não está rápido como de costume. Chega até mesmo a achar que isso é falta de concentração devido a mudança para a Mansão dos Vingadores. O fato é que ele não está rendendo no treinamento de costume. Treinamento que é interrompido pelo Dr. Kincaid, que está analisando o caso de fadiga muscular do herói. O médico revela que ele ultrapassou os limites do supersoro em seu corpo. Há décadas, todo dia, o Capitão América faz o que pra qualquer outra pessoa seria um mês de atividades físicas. Parece que o soro não está mais conseguindo reparar suas células danificadas ou gastas. Se continuar mantendo esses níveis de atividade, poderá até mesmo ficar paralítico em um ano. Se reduzir o ritmo, talvez consiga manter uma mobilidade normal pelo resto da vida. Em resumo, se Steve Rogers continuar agindo como Capitão América... em um ano estará inválido. Diante desse dilema... o herói pede que o médico não conte nada a ninguém.

Steve procura Rachel e conta a ela sobre seu problema. Ele parece confuso e sem saber o que fazer. Sua vida foi agir como Capitão América. Para relaxar, ela o chama para sair. O casal está jantando tranquilamente em um local a céu aberto, quando Steve vê um garoto que parece ter roubado um senhor. Impedindo que ele continue correndo, nota que o que roubou... são revistas em quadrinhos. Entre elas, por ironia, há uma do Capitão América. Steve pergunta ao garoto como ele pode cometer um delito se os heróis que ele quer ler são exemplos de boas ações. Mas o garoto não está interessado nas histórias. Apenas quer vender as revistas quando elas se tornarem raridade. O dono das revistas, por outro lado, gostaria de conhecer herói de verdade... heróis como Justiceiro e Wolverine, pois os mais violentos são de seu gosto. O dono das revistas prefere não dar queixa pois sabe que o garoto será solto. No saldo final, Steve se decepciona ainda mais. Se sente um herói ultrapassado. O comunicartão dos Vingadores toca e Peggy informa que o Capitão América foi visto agindo na zona oeste, enfrentando o vilão Porco-Espinho. Há alguém se passando por ele.

Depois de enfrentar muito trânsito até o local onde o Capitão foi visto, Steve e Rachel se deparam com várias pessoas no local, inclusive a imprensa. Vinte pessoas estão seriamente feridas e o Capitão América saiu do local após a batalha, sequer dando atenção às vítimas. Muitos desaprovam sua atitude. É então que o herói decide convocar uma coletiva de imprensa para esclarecimentos. Sua intenção é fazer isso em um parque, para que seu imitador tenha a chance de atacá-lo.

No dia seguinte, durante a coletiva, os primeiros vilões integrantes dos Mestres do Terror aparecem para atacá-lo. O estranho é que o Executor e o Derretedor estavam mortos. Para piorar, o alvo não é exatamente o Capitão América. Os vilões começam a matar pessoas entre os espectadores. Cascavel tenta impedir que o Capitão aja. Afinal, os Vingadores estão ali e podem dar conta do recado. Mas o grupo parece vacilar, como se não entendesse o que está acontecendo. De fato, quando o Capitão age... ele está lutando contra o próprio público e não há nenhum vilão ali. 

As ilusões terminam quando o verdadeiro vilão aparece. Miragem, capaz de projetar ilusões na retina no herói. Mas o mais surpreendente é que outro herói consegue capturar o vilão... Ele usa o antigo uniforme e o mesmo nome que anteriormente pertencia... ao Superpatriota. Após a derrota, ele bate em retirada. Viúva Negra insiste em querer levar o Miragem para dentro da Mansão. Insiste até de forma ríspida. Dentro da Mansão... ela simplesmente deixa o vilão fugir. Ao analisarem as câmeras de segurança, percebem que o vilão se tornou púrpura. Trata-se do vilão Homem-Púrpura, que tem poderes de persuasão. O mais estranho... é que o Homem-Púrpura também estava morto. Alguém está imitando antigos vilões. Como se não bastasse seus problemas pessoais, esta armação deixa o herói ainda mais perdido.

Continua...

sábado, 24 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 465

 - Captain America 424 (Fevereiro de 1994)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 208 ("A Última Operação")

* "The Last Operation" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Phil Gosier e artefinalizada por Romeo Tanghal

Capitão América está feliz pela recuperação de Rachel. Até então, ele se sentia culpado por tê-la deixado em Wakanda, após ela ter se ferido na missão da Terra Selvagem. Boa parcela da recuperação dela se deve ao soro do supersoldado em seu sangue. Steve informa que ele está se mudando para a Mansão dos Vingadores.

Enquanto Steve arruma suas coisas na Mansão, recebe uma estranha ligação. Trata-se de Coral, o ex-líder da Irmandade da Serpente. Rachel diz que quer ir também, mas o Capitão prefere conversar com ela antes de envolvê-la em outra missão. Como aparentemente se trata de um encontro amistoso, ela o convence a ser levada.

Surpreendentemente, Coral aparece ao encontro e diz que precisa... de dinheiro. Ao invés de cometer algum crime, preferiu pedir ao Capitão América. Na verdade, espera que o herói consiga com os Vingadores, fazendo com que os contadores lancem a quantia como outras despesas (mesmo que o herói não ache isso certo). Mas o Capitão não pode ajudá-lo. Coral ameaça, dizendo que o herói irá se arrepender quando souber que ele, então, foi obrigado a cometer um crime... para ajudar sua filha que passou metade de sua vida em hospitais. Quando Rachel chega ao local, o herói pergunta se a informação de que Coral tem uma filha procede. Ela reluta em trair a confiança de seu ex-líder. Apesar de criminoso, ele sempre foi bom para ela. 

Após investigar, o Capitão América chega ao quarto de um hospital onde estão a filha e a ex-esposa de Coral, a qual chama de Sra. Voelker. Ela também reluta em dar maiores informações, apesar de agora o herói saber da veracidade sobre sua filha. Mesmo com o Capitão tendo a intenção de ajudar a garota, a Sra. Voelker acredita que o favor em troca será incriminar seu ex-marido, algo que ela não pretende fazer, apesar de desaprovar o que ele faz. Rachel chama o Capitão pelo comunicador, ela parece ter a localização de Coral.

Logo depois, acompanhando o Capitão América, Cascavel explica que se encontrou com Coral e ele lhe deu um bip para o caso dele se meter em encrencas. Em seguida, se teleportou. Pouco depois, o bip disparou e ele murmurou onde estava. Pela voz, parecia ferido.

Cascavel e Capitão América chegam a um local na Baixa Manhattan, onde criminosos parecem ter cercado Coral. O vilão se teleporta constantemente, mas sem sair do local. Mesmo com o casal dando conta contra a gangue, logo chegam reforços para ajudar os criminosos. De repente, o Capitão América sente seu corpo pesar. É como se cada um de seus músculos tivessem toneladas. Mesmo assim consegue derrotá-los.

Coral está ferido, mas vivo. Capitão América não pretende deixá-lo levar o dinheiro que roubou dos traficantes. Mas, para salvar a filha do vilão, o herói lhe propõe um acordo. Ele se entrega e enfrenta um processo... e ele cuida para que a garota receba cobertura médica total. Ou seja, mais roubos, com o Capitão em sua captura, ou uma saída honrosa. Coral aceita se entregar.

Meia hora depois, guardas chegam ao local. Um camburão da Gruta estaciona para levar Coral. O Capitão frisa que o vilão deve enfrentar o tribunal por suas atividades como líder da Irmandade da Serpente. O herói pretende recorrer a alguns amigos ricos para ajudar a filha de Coral. Ver Seth tomar uma decisão tão difícil, inspira Rachel... e ela quer contar uma coisa ao Capitão. Ela conta que jogou a ciclovoadora contra Terminus, na Terra Selvagem, porque estava tendo alucinações, algo que vem acontecendo freqüentemente. Ela sempre vê a vilã Boca-de-Leão, que quase a afogou, assombrando-a constantemente... porque Cascavel a matou, quando estiveram na Ilha da IMA. Elas lutaram e Cascavel segurou sua cabeça debaixo da água de uma fonte... até ela parar de se mexer. Chocado, o Capitão diz que irá pedir pra SHIELD confirmar a informação... e que, se Rachel tiver que ir a julgamento... estará a seu lado o tempo todo.

Semanas depois, Capitão América chega até o quarto da garota operada e traz um vídeo comunicador. Nele, Coral diz a sua filha que está na prisão por ter cometido crimes para ajudá-la. Pede que não se preocupe, pois estará bem. A garota diz que está bem após a operação, que não terá mais convulsões... e que, mesmo tendo cometendo erros, Seth é o melhor pai do mundo.
A+:

* A Editora Abril não publicou algumas histórias do Capitão América durante essa fase. Nessas histórias "saltadas" era mostrada uma aventura solo de Demo, que saiu de seu estado catatônico, e a recuperação gradual de Rachel (que nessa história já é mostrada recuperada). Durante essa fase, a própria revista mensal do Capitão América focou-se em publicar a saga Laços de Sangue, mostrando o encontro entre X-Men e Vingadores.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 464

 - Captain America 417 (Julho de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 203 ("Dias de Extermínio")

* "Savage Landings" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América ainda não acredita no que está vendo. Afinal, recentemente os Vingadores derrotaram Terminus e o levaram para o espaço (como vimos na parte 396). Mas ele está de volta, na mesma Terra Selvagem que tentou destruir antes. O pior é que o alienígena, de quase sessenta metros de altura, acaba de vê-los... e os ataca. Falcão tenta ajudá-los (Capitão, Pantera Negra e Cascavel) a descer da torre, mas o Capitão o orienta a proteger Rachel, a mais vulnerável deles. 

O Capitão explica ao Pantera que a criatura não é um robô (como sua armadura deixa a entender), mas um alienígena que veio à Terra numa missão de destruição. Os Vingadores derrotaram o gigante por três vezes. Na última, ele foi levado pro espaço e explodiu. 
Com os heróis pendurados em partes de sua armadura, Terminus parece enfiar sua gigantesca mão dentro da torre destruída. Mais tranqüilo pelo Falcão ter levado Cascavel para o outro lado da cidadela, Capitão América informa que eles tem que encontrar brechas na armadura de Terminus. O gigante pega o desacordado Alto Técnico e o Falcão irá tentar libertá-lo. Capitão chama Rachel e pede que ela traga a ciclovoadora. Porém, ela aparece com tanta velocidade que o herói é obrigado a derrubá-la lançando seu escudo. Isso também a protege da explosão da ciclovoadora contra Terminus... mas não a protege da queda. Ele salta e consegue alcançá-la em plena queda. Gira seu corpo, segurando-a firmemente, e a protege do impacto contra as árvores abaixo... que utiliza para frear a queda. Rachel fica desacordada e ferida. Ela precisa de cuidados médicos. Capitão América pede a Falcão para ficar com ela, pois será necessário alguém que voe para levá-la para a nave dos Vingadores quando ela chegar. As novas asas do Falcão destacam-se de seu uniforme e levam o Capitão América de volta a Terminus.

Capitão América se aproxima do alienígena gigante sem que ele o veja. As asas do Falcão, controladas ciberneticamente, começam a virar e ele pula, caindo a quinze metros da criatura. Ao cair em uma das pernas de Terminus, o herói vê Kazar na outra. Logo depois, eles chegam a uma base da IMA, onde o vibranium está sendo transportado em uma balsa de plástico (já que ele torna outros metais instáveis). Isso dá uma idéia ao Capitão que, junto a Kazar, começam a lançar pedaços de vibranium contra a armadura de Terminus. A criatura tenta pegar os heróis e acaba enfiando sua gigantesca mão na balsa cheia do material... causando um colapso em sua armadura... fazendo-o cair.

Do outro lado do rio onde a armadura desabou, Capitão América se aproxima da abertura no capacete causada pelo choque com a ciclovoadora. Tchala ainda estava dentro da armadura quando ela ruiu. De repente, o Pantera Negra sai ileso de dentro dela, trazendo um agente da IMA que havia descoberto como ativar os mecanismos de auto-reparo e ao contrário do que se imaginava, estava pilotando a armadura desde então.

Os heróis finalmente acabam com as operações de mineração da IMA... O fato de terem traído seu sócio, o Alto Técnico, pode garantir que não continuem. A nave dos vingadores chega e o Capitão América leva Cascavel para Wakanda, onde as instalações médicas avançadas podem tratá-la melhor.

 A+:

* O gosto do escritor Mark Gruenwald em mostrar uma infinidade de personagens do universo Marvel em suas histórias, aqui demonstra outra face. É bem verdade que essa diversidade foca-se em personagens mais obscuros (e quanto mais obscuro, melhor). Quando isso não acontece, aposta em misturas inusitadas em uma mesma saga. Isso se vê ao termos, em uma mesma história, o Capitão América e Cascavel (que é uma vilã reformada), Kazar (personagem que ambienta suas aventuras no estilo de histórias da selva), Falcão (que foi parceiro do Capitão América muitos anos antes) e Pantera Negra (com aventuras que remetem a aventuras de ficção ambientadas na África). O Pantera Negra mesmo, apesar de ser um vingador, nunca havia visto Terminus (outro item dessa diversidade de elenco). Já o Falcão, não se dá tão bem com Cascavel, devido a sua má fama de vilã (mesmo sendo reformada) e por não terem se topado muito.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 463

 - Captain America 416 (Junho de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 202 ("Fuga da Ilha da IMA - parte 3")

História escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Cercado pelos agentes da IMA, o Capitão América tem uma ajuda de uma forma um tanto inesperada: um dos agentes simplesmente começa a atirar contra seus colegas. Logo, a confusão generalizada faz com que os agentes comecem a atirar desesperada e descoordenadamente, atingindo um ao outro. Em meio ao caos, o Capitão América tenta chegar até o primeiro agente que atirou contra seus colegas... e descobre que é Cascavel, que se disfarçou para salvá-lo.

Andando pela selva, Cascavel diz ao Capitão América que perdeu a ciclovoadora quando bateu em uma árvore. De repente, ela começa a atirar contra as árvores, como se tivesse visto alguma coisa. Ela parece confusa e se aninha nos braços do herói. 

Falcão chama o Capitão América e o Pantera Negra através do cartão comunicador dos vingadores. Ele diz que encontrou alguém que sabe tudo sobre a extração do vibranium e solicita a localização de seus colegas para encontrá-los. O Capitão encontra a ciclovoadora e parece que ela ainda está funcionando. Mas esse nervosismo de Rachel ainda o preocupa. O casal se encontra com o Falcão e este informa que o responsável pela extração de vibranium é um vilão chamado Alto Técnico. Porém, Pantera Negra informa que chegou a uma construção estranhamente sofisticada por estar no meio da selva e que não vai esperá-los para entrar.

Quando entram na construção, Capitão, Cascavel e Falcão são recebidos pelo Alto Técnico que lidera uma mulher com poderes hipnóticos, que os ataca. Falcão reage, derrubando o Alto Técnico (na verdade, ele enganou o vilão, passando-se por hipnotizado, mas as lentes de sua máscara bloquearam o poder dela). Mais dinossauros humanóides (na verdade, criados pelo Alto Técnico) invadem o local e os heróis os enfrentam. Aparentemente eles conseguem usar de estratégia e experiência para derrotar as criaturas. Até mesmo Rachel parece se dar bem.

De repente, um tremor abala toda a construção. Ao saírem para ver do que se trata, dão de cara com o gigantesco alienígena conhecido como Terminus... que já havia destruído a Terra Selvagem em outra oportunidade.

Continua...

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 462

 - Captain America 415 (Maio de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 202 ("Fuga da Ilha da IMA - parte 2")

História: 

* "Savage Landings" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América segue com Tchala, o Pantera Negra, para a Terra Selvagem. O lugar fica no meio do Círculo Polar Antártico e parece ter conservado a fauna e flora da região... desde a pré-história, sendo cercado por vulcões e dinossauros. O herói se preocupa com o amigo africano. Afinal, a intenção dele é descobrir quem está explorando e filtrando o vibranium do local, fazendo com que a economia de seu país, Wakanda, caia (uma vez que esse metal é vital para a receita de seu reino). Porém, se outra nação tiver uma mercadoria que concorra com a do seu país... pela Lei Internacional, Tchala não tem como impedir que essa nação a explore, mesmo que isso afete a economia de Wakanda. Mas o Pantera Negra parece decidido a intervir... algo que o Capitão América não poderia deixar acontecer.

Os heróis (Capitão e Rachel, Pantera Negra, Falcão) se separam para investigar a região. Capitão América e Rachel procuram pelo homem que não só vive, como também deve saber tudo o que acontece na Terra Selvagem: Kazar. Ao chegarem perto de sua casa na árvore, o casal é atacado pelo tigre-dentes-de-sabre de estimação de Kazar: Zabu. Com o salto do animal, os dois são derrubados da ciclovoadora, mas ele se penduram em galhos e cipós a volta. Zabu cheira a mão do Capitão América e finalmente o identifica como amigo. O tigre parece querer levar o Capitão até seu dono e o herói o segue, sendo que Rachel utiliza a ciclovoadora para ir pelo mesmo caminho.

Logo em seguida, Capitão América encontra Zabu em apuros. Ele luta contra o que parecem ser dinossauros, salvo o detalhe de que são humanóides... e também falam. Defendendo-se do ataque dos monstros com seu escudo, o herói percebe que a couraça de seus corpos mais parecem armaduras, de tão resistentes. O Capitão é surpreendido com outros inimigos: vários agentes da IMA que os cercam, fazendo-o se distrair tempo suficiente para que um dos dinossauros humanóides o ataque com um golpe... desacordando-o.

Continua...

terça-feira, 20 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 461

 - Captain America 414 (Abril de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 202 ("Fuga da Ilha da IMA")

História: 

* "Escape From A.I.M. Isle" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e M.C. Wyman e artefinalizada por Danny Bulanadi (e amigos)

Após atordoar Modam, Capitão América mergulha no mar para tentar salvar a vilã Superia, que afunda nas águas graças aos grilhões que prendem seu corpo. Depois de livrá-la, ele aconselha que ela nade até a praia e tenta chamar a nave dos vingadores. Assim que o piloto Moonhunter chega, o herói monta em uma ciclovoadora e voa de volta a ilha para resgatar Falcão e Rachel.

Na ilha, o herói encontra seus dois parceiros, acompanhados também de Shang Chi. Eles são abordados por andróides da IMA que tentam impedir que saiam do perímetro da ilha. O primeiro a ser atingido pelo ataque é Shang Chi, derrubado de uma plataforma voadora que o levava para longe. Ao tentar resgatá-lo, quando cai nas águas do mar, o Capitão América, que estava com Rachel na ciclovoadora, também é atingido. Estranhamente, Rachel entra em pânico quando está na água, ficando praticamente desacordada. Agora, os três são alvo fácil. Somente o escudo do herói os defende de novos ataques dos andróides. 

O Capitão América pede que Shang Chi segure seu escudo (e Rachel), enquanto ele recupera a ciclovoadora, que não afundou totalmente. No kit de emergência do veículo, encontra um disparador de cabos e consegue se agarrar a uma das pernas de um andróide, sendo puxado por ele. Conseguindo subir pelo cabo, o herói consegue destruir um dos andróides.

A nave pilotada por Moonhunter resgata Shang Chi e Rachel, enquanto alguns andróides são destruídos. Falcão resgata o Capitão América e o leva para dentro da nave. O herói não sabe o que Moonhunter fez para destruir os andróides e o piloto garante... que não fez nada. É então que descobre quem os salvou: Nick Fury. A SHIELD irá tomar conta da ilha de vilões.

O grupo de heróis agora volta para casa... e dá uma carona para Shang Chi. Rachel diz que conseguiu encontrar Boca de Leão e acertar suas diferenças com a vilã. Moonhunter informa que o Capitão recebeu um convite... para o casamento do Pantera Negra. 

Seis horas depois, na pequena nação africana de Wakanda, um comitê de recepção recebe o Capitão América e o Falcão, apesar de estranharem que Tchala - o Pantera Negra - não esteja junto. O mais estranho ainda é que o casamento (que já era estranho por ser repentino) foi adiado.

No salão real, Capitão América encontra Tchala e pergunta o que está havendo. Ele informa que o preço do vibranium, metal que há anos foi a base econômica de Wakanda (e um dos materiais que constam no escudo do Capitão), está tendo sua cotação caindo drasticamente. Isso porque foi descoberta outra fonte do metal, provavelmente na Terra Selvagem, apesar da impureza do vibranium de lá o tornar inútil. Ainda assim, essa é a única explicação. Provavelmente, alguém conseguiu separar essa impureza. O Capitão (acompanhado de Rachel, Moonhunter e Falcão) decide seguir o Pantera Negra até a Terra Selvagem para investigarem o que está acontecendo.
A+:

* Mark Gruenwald deixa seu típico estilo no roteiro, resgatando personagens obscuros do universo Marvel. Até a saga da Ilha da IMA, uma arena cheia de supervilões é um prato cheio para mostrar personagens que pouco apareceram até hoje. O vilão conhecido como General (que tem a aparência de um lutador de sumô), por exemplo, só apareceu em uma história do Capitão América em 1965, como vimos na parte 36 do Diário de Steve Rogers.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 460


 - Captain America 413 (Março de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 201 ("A Arena - Parte 3")

História: 

* "Hostile Takeover" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América se desvencilha contra vários supervilões na arena de Batroc. A situação seria pior se a IMA, dona da Ilha onde ocorre a reunião, não exigisse as armas de cada um deles (até mesmo para evitar uma espécie de rebelião contra a organização). Ainda assim são uma ameaça muito maior do que a própria superioridade numérica.

Graças à ajuda do Falcão (que consegue escapar de um ataque de Shang Chi, que o confundiu com um supervilão), o herói consegue fugir da arena. Sua preocupação agora é encontrar Rachel, que busca vingança contra Boca de Leão. Enquanto Shang Chi, dessa vez devidamente apresentado (o Capitão já ouviu falar de Shang Chi através da SHIELD), e o próprio Falcão dão conta da horda de vilões, Capitão América em sua busca por Rachel se depara com um grupo de agentes da IMA. Vê também a vilã Modam (a versão feminina de Modok), carregando o corpo de uma mulher. Imaginando que fosse Rachel, ele a segue... mas descobre que é Superia, que invadiu o local para matar o líder da IMA. Ao destruir a jóia na testa de Modam, ele faz com que Superia caia no mar e mergulha para resgatá-la.

Continua...

domingo, 18 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 459

 - Captain America 412 (Fevereiro de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 201 ("A Arena - Parte 2")

História: 

* "Disguise the Limit" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Ossos Cruzados (na verdade, Capitão América disfarçado), enfrenta o imenso lutador conhecido como General (que mais parece um lutador gigante de sumô). Mesmo diante da desvantagem física, o herói consegue vencer seu oponente. 

O próximo vilão a ser enfrentado chama-se Punho de Lâmina. Apesar do protesto de "Ossos Cruzados" desse ser um oponente que está armado (a luta era pra ser apenas com os punhos), como o nome deste vilão diz, ele tem lâminas no lugar das mãos. Logo, a luta é válida. Mesmo assim, Punho de Lâmina é derrotado.

O oponente seguinte... é o próprio Batroc. Afinal, ele havia sido desafiado pelo Ossos Cruzados. Ao lutarem, Batroc, que é um especialista em lutas corporais, percebe uma peculiaridade na forma de lutar de seu oponente. Percebe que aquele não é Ossos Cruzados... mas o Capitão América! O herói chega a torcer o tornozelo de Batroc e ameaçá-lo (como Ossos Cruzados faria). Apesar da encenação, um dos asseclas do vilão, Zaran, acaba ouvindo e revelando que ali está o Capitão América. Detalhe: revelando para um público formado apenas de supervilões. O disfarce acabou! "Ossos Cruzados", graças a um disfarce de transmutação feito por Sersi, agora se torna o Capitão América e seu escudo, escondido pela mesma magia, no punho, agora reaparece... bem na hora quando vários supervilões o atacam.

Continua...

sábado, 17 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 458


- Captain America 411 (Janeiro de 1993)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 201 ("A Arena")

História: 

* "The Arena" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Apesar de Cascavel ter sua força e agilidade ampliadas pelo soro do supersoldado, que agora corre em seu sangue, ela ainda precisa superar o trauma causado pelo encontro com uma antiga inimiga, a vilã Boca de Leão, que encontrou quando esteve no navio de Supéria. Para ajudá-la, Capitão América pede ajuda investigativa de Nick Fury, que não só informa que a vilã é barra pesada, como também que estará na Exposição de armas da IMA, algo que a organização criminosa promove uma vez por ano, em sua ilha, para grupos subversivos ou paramilitares. A missão, então, é invadir uma ilha cheia de supervilões. O herói tem uma idéia de disfarce e chama Sersi para auxiliá-lo.

Logo depois, Capitão América, Cascavel e Falcão estão seguindo para ilha da IMA disfarçados respectivamente de Ossos Cruzados, Madre Noite e Halloween. Como esses três vilões foram presos por eles recentemente, não há o risco de aparecerem na ilha. Mesmo sendo solicitada as identificações (inclusive biométricas), o trio consegue argumentar que o seu "chefe", o Caveira Vermelha, lhes fez alterações biológicas para escaparem da lei. 

No ilha, o Capitão é recepcionado pelo vilão Batroc, que o lembra (pensando ser ele Ossos Cruzados) de um recente desafio, onde o vilão disse ser o melhor lutador do planeta. Para provar se isso é verdade, Batroc criou uma arena onde "Ossos Cruzados" irá enfrentar cinco supervilões. Se vencer, ele ainda levará quinhentos mil dólares.

O primeiro vilão enfrentado é Bob Baxer, o Cachorro Louco (vilão com aspecto selvagem, que chega a espumar pela boca)... mas o Capitão o vence depois de um tempo na arena. Já o segundo vilão é chamado Aríete e tem partes metálicas que reforçam seu corpo. Para vencê-lo, "Ossos Cruzados" decora e atinge seus pontos vulneráveis. Não há tempo para descanso entre uma batalha e outra. O Capitão América está ficando exausto. Assim que derruba o Aríete, se vê diante de um vilão enorme, com o visual de um lutador de sumô.

Enquanto o falso Ossos Cruzados enfrenta os vilões na Arena, Cascavel, disfarçada de Madre Noite, investiga o local. Porém, ela é encontrada por um grupo de vilãs que é justamente o grupo que segue Supéria... inclusive sua inimiga Boca de Leão.

Continua...

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 457



- Captain America 410 (Dezembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 200 ("Cascavéis Gostam de Vingança - parte 2")

História: 

* "Blood and Diamonds" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Capitão América enfrenta Ossos Cruzados e é apunhalado no braço. A lâmina não penetra a cota de malha de seu uniforme, mas é o suficiente para que ele largue seu escudo. Ao enfrentar o vilão próximo a um penhasco, o herói toma cuidado para que o mesmo não caia, levando seu escudo com ele. Essa desvantagem (e a chegada de outro vilão, o Asa Negra) faz com que ele seja dominado.

O sangue com o soro do supersoldado é injetado em Rachel que quase enlouquece com a dor dos efeitos sobre ela. Sua força realmente foi ampliada e ele consegue escapar do cativeiro. E é Rachel quem consegue dominar Ossos Cruzados, salvando o Capitão América.

Enquanto isso, o novo piloto dos vingadores tenta escapar de um ataque do robô conhecido como Quarto Hibernante, lançado pelo helicóptero da Madame Noite. Ele vira sua nave de forma que o robô (agarrado em uma das asas da nave) se choque contra as hélices do helicóptero e o faça cair. Quando explode, parte da fuselagem ainda incandescente acerta as costas de Ossos Cruzados. Capitão América, que consegue sair da beira do penhasco (onde lutava anteriormente com o vilão) vê a cena onde Rachel nada faz para salvar Ossos de ser queimado. Com seu escudo, o herói apaga o fogo das costas do vilão, mas enterra ainda mais o estilhaço de metal em suas costas, fazendo-o desmaiar.

São capturados Ossos Cruzados (que recebe cuidados médicos), Asa Negra e Halloween (capturado por Falcão) e todos estão sendo levados para o presídio conhecido como A Gruta. Capitão América finalmente consegue recuperar sua amada Rachel.
A+:

* Para comemorar a edição de n° 200 da revista do Capitão América, a Editora Abril optou por fechar a saga de Cascavel. Essa saga, na verdade, foi formada por histórias secundárias que aconteciam paralelamente à aventura principal do Capitão, onde, inclusive, ele é transformado em uma espécie de lobisomem (história essa que foi ignorada pela Abril e que explicava o afastamento de John Jameson como piloto dos vingadores). Apesar de estar distante, a editora já estava de olho em um sucesso que viria a publicar, mas já estava sendo apresentados aos americanos: a fase escrita por Mark Waid e desenhada por Ron Garney. A capa da edição brasileira, por exemplo, trazia justamente uma ilustração dessa fase.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 456

 - Captain America 409 (Novembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 200 ("Cascavéis Gostam de Vingança")

História: 

* "Blood and Diamonds" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Danny Bulanadi

Graças a ajuda mística do Doutor Druida, Capitão América e Falcão tem uma pista de que Rachel possa estar perto das Montanhas Rochosas. Porém, mesmo após sobrevoar o local, não tem uma localização fácil do verdadeiro cativeiro da garota. Depois de muito tempo procurando, recebem um fraco sinal de socorro. É Cascavel, que consegue escapar dos integrantes da gangue do Caveira Vermelha.

Rachel consegue roubar o planador do vilão Asa Negra e fugir, mas é perseguida por Halloween e Ossos Cruzados (que foi aceito pelo próprio Caveira e está cumprindo um tempo de experiência, após matar o Degolador). Dando um ponto de confiança a Ossos (que chega a considerar com um ex-namorado), Rachel acaba se aproximando dele. Ao perguntar o que aconteceu com o Degolador (seu irmão), ela é esfaqueada.

Logo depois, Rachel está desacordada e o sangue com o soro do supersoldado está sendo injetado nela, para que os vilões testem se é verdadeiro ou não. Ossos Cruzados e Halloween se espantam com uma visita inesperada ao galpão onde é feita a experiência: Capitão América e Falcão conseguiram localizá-los.

Continua...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 455

- Captain America 408 (Setembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Passeio")

História: 

* "Joyride" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Rik Levins e artefinalizada por Don Hudson

Testando seu novo uniforme e asas, o Falcão vê uma das aeromotos dos Vingadores sendo pilotada por alguém estranho. Ao se aproximar para ver quem é, o piloto acelera e tenta despistá-lo. Com sua nova garra retrátil, o Falcão logo consegue "pescar" o suposto ladrão. Quando finalmente o encara, o homem diz que está testando a aeromoto para os vingadores.

De fato, na base dos vingadores, o mecânico Fabian confirma que este é o novo piloto do grupo e tudo não passa de um teste. Aproveitando a visita, o Falcão encontra o Capitão América e a Viúva Negra. O Capitão diz que está saindo em um missão pessoal, pois Rachel está desaparecida há muito tempo. O Falcão, ansioso por testar suas novas asas, decide ajudar. É hora do Capitão América e o Falcão formarem uma dupla novamente.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 454

- Captain America 408 (Setembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Diamantes Brutos - parte 2")

História: 

* "Night of Knife" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Larry Alexander e artefinalizada por Don Hudson

História secundária da revista mensal do Capitão América.

Degolador conta para Cascavel, sua irmã, que se tornou um mercenário depois que seu irmão foi morto. Com a volta de Ossos Cruzados, Danny teme por perder seu posto como integrante da gangue do Caveira Vermelha. Para isso, decide matar Ossos Cruzados. Rachel o alerta de que o vilão é muito perigoso, mas esconde que ele a treinou nos últimos dias... e até a ensinou a amar. Ele também decide contar para Madre Noite, com a qual mantém um relacionamento em segredo, o que planeja fazer. Ao chegar no quarto dela, encontra Ossos Cruzados perguntando sobre esses novos vilões. Ossos sai do quarto, mas percebe que há algo entre os dois.

Na calada da noite, Degolador invade o quarto de Ossos Cruzados e o encontra dormindo. Utilizando uma espada, ele está prestes a matá-lo... mas o vilão está acordado, toma sua espada, quebra seu braço... e corta sua garganta. Madre Noite e Halloween chegam ao quarto em tempo de ver Ossos Cruzados com a espada ensangüentada nas mãos. O Degolador acaba de ser degolado.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 453

- Captain America 407 (Setembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Diamantes Brutos")

História: 

* "Uncut Diamonds" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Kevin Kobasic e artefinalizada por Rodney Ramos

História secundária da revista mensal do Capitão América.

Ossos Cruzados e Cascavel são levados para o Caveira Vermelha. Ao retirarem a máscara dela, Degolador tem a certeza de que se trata de sua irmã. Já ao retirarem a máscara de Ossos... todos ficam horrorizados com o seu rosto (um mistério que nem mesmo o leitor pode ver). 

Enquanto Cascavel é levada para uma cela, Ossos Cruzados conta que ela sofreu lavagem cerebral e roubou sangue com soro do supersoldado da base dos Vingadores. O vilão diz que irá estudar. Se o sangue for verdadeiro, ele acreditará que Ossos Cruzados conseguiu dominá-la. Caso contrário, eles serão mortos.

Degolador se enfurece com Halloween quando ele empurra Cascavel (que ninguém sabe ser sua irmã) para dentro da cela. Mais tarde, ele mesmo a visita e revela ser Danny, seu outro irmão.

Continua...

domingo, 11 de agosto de 2013

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 452

- Captain America 406 (Setembro de 1992)
Publicada no Brasil, pela Editora Abril, na revista Capitão América 199 ("Mundo Real - parte 3")

História: 

* "Fight On Skull Mountain" - Escrita por Mark Gruenwald, desenhada por Larry Alexander e artefinalizada por Ariane Lenshoek

História secundária da revista mensal do Capitão América.

Sendo atacados por Asa Negra, Degolador e Halloween em plena escalada de montanha, Cascavel e Ossos Cruzados estão prestes a cair para a morte. Antes que a corda seja cortada, Ossos Cruzados consegue laçar a plataforma flutuante de Halloween, enquanto a própria Cascavel consegue pular no vilão e ameaçá-lo com um dardo de veneno. Sem muita saída, os vilões decidem subir com o casal.

Chegando ao topo, os dois são recepcionados com guardas do Caveira Vermelha e são obrigados a se entregar. Degolador fica intrigado com o apelido pelo qual Ossos Cruzados chama Cascavel, "Ratzel". Prestando mais atenção nas feições dela, ele reconhece finalmente. É Rachel... sua irmã!

Continua...