quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 137

 - Captain America and The Falcon nº 137 (Maio de 1971)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 20, pela Editora Abril ("No Encalço do Homem-Aranha")


História:

* "To Stalk The Spider-Man" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Bill Everett

Uma história como nos bons e velhos tempos, com tantos acontecimentos em poucas páginas, levando a um ritmo perfeito de comédia de erros.

Ato 1.

Após saírem do túnel que levava ao reino do Toupeira, Capitão América e Falcão se encontram com os agentes da SHIELD. A amada do Capitão, Sharon Carter, emocionada de ver seu amado vivo, acaba desmaiando antes que ele possa vê-la e é levada para a enfermaria. Sem saber disso, o Capitão fica decepcionado ao não encontrá-la esperando e parte em sua moto com o Falcão. Quando Sharon acorda, ele já partiu e ela se decepciona por ele não tê-la procurado.

Ato 2.

Mal-humorado pelo "desprezo" de sua amada, Capitão América acaba descontando sua irritação no parceiro que, afinal, só quer que ele desabafe. Mas chega a um ponto que o Falcão se enche e a despedida dos dois "parceiros" é um tanto quanto rancorosa. O clima pesa. O Falcão acha que o Capitão se garante muito como "lenda viva" e decide ele mesmo provar seu próprio valor, sem estar a sombra do parceiro.

Ato 3.

Quando o Falcão faz sua agora solitária ronda pelo bairro, vê ninguém menos que o Homem-Aranha, se balançando em sua teia. Falcão, que só sabia da má fama do herói (que era tratado como criminoso pelo jornal Clarim Diário), decide capturá-lo sozinho. Para tanto, envia seu falcão, Asa Vermelha, que persegue o herói até seu apartamento.

Ato 4.

No apartamento, vivem Peter Parker (o Homem-Aranha) e seu amigo, Harry Osborn. Parker sai por um momento da sala e, quando o Falcão chega na janela do apartamento, encontrando apenas Harry, acha que o jovem é o Homem-Aranha e o captura. Parker volta e não entende porque o Falcão, parceiro do Capitão América, está sequestrando seu amigo.

Ato 5.

Homem-Aranha persegue o Falcão e lhe dá uma bela surra para largar seu amigo, Harry Osborn. Falcão, todo dolorido (lembrando que, apesar do Falcão ter sido treinado pelo Capitão América, o Homem Aranha tem força sobre-humana) se acerta com o Capitão, que lhe pede desculpas. O Falcão, no entanto, nada diz sobre a desastrosa aventura.

Ato final.

O Cara de Pedra, que saiu da prisão, vê o Capitão América e o Falcão se despendindo. É a hora de se vingar...

Continua...

terça-feira, 28 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 136

 - Captain America and The Falcon nº 136 (Abril de 1971)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 19, pela Editora Abril ("O Mundo Subterrâneo")


História:

* "The World Below" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Bill Everett

Quando o Capitão América e o professor Gorbo, transformado em um enorme gorila, caíram no poço de uma escavação que tencionava enterrar dejetos radioativos, eles foram parar no reino do vilão Toupeira, inimigo do Quarteto Fantástico. Lá, Gorbo incita o Toupeira a atacar o Capitão, dizendo que ele é um espião do exército, que deseja despejar lixo radioativo em seu reino.

O Capitão América recebe a ajuda do Falcão, que desce pelo poço graças a um jato pessoal criado por Tony Stark. Juntos, os heróis derrotam o enorme gorila. Este, por sua vez, escuta que o Toupeira decidiu atacar o QG da SHIELD. Gorbo fica desesperado por ter interesse em uma agente chamada Júlia, um amor platônico não correspondido. Para deter o ataque do Toupeira, o cientista-gorila salta em frente a seu canhão de raios e é atingido em cheio. Antes de morrer, ao voltar a sua forma humana, Gorbo revela que mentiu sobre o Capitão América.

O Toupeira, agora sabendo da verdade, se desculpa com o Capitão e, através de um maquinário especial, leva a dupla de heróis de volta para a superfície

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 135

 - Captain America nº 135 (Março de 1971)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 19, pela Editora Abril ("Nas Garras do Monstro")


História:

* "More Monster Than Man" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Tom Palmer

Capitão América apresenta seu novo parceiro para Nick Fury, que fica impressionado com a destreza em combate do novo herói (quando este enfrenta Dum Dum Dugan em um treinamento na SHIELD). Nessa visita, o Capitão ainda tenta conversar com Sharon Carter, mas essa ainda está ressentida desde a saída do herói.

Paralelamente, na SHIELD, o cientista Erik Gorbo, cansado de sua aparência nem um pouco atlética, cria uma fórmula capaz de aumentar seu tamanho e força. No entanto, o que acontece é que Gorbo se transforma em uma espécie de gorila gigantesco, capaz de comandar outros animais mentalmente. Porém, tão monstruosa quanto sua aparência, a personalidade ressentida de Gorbo também o leva a cometer crimes sobre essa nova identidade.

O Capitão América acaba encontrando Gorbo, em sua forma monstruosa, em um enorme complexo onde um profundo poço está sendo escavado para receber lixo radioativo. No meio da batalha contra Gorbo, ambos acabam despencando para dentro do poço, sem saber onde é o fim dele.

Continua...

domingo, 26 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 134

 - Captain America nº 134 (Fevereiro de 1971)
> Publicada no Brasil na revista Capitão Z Especial nº 4, pela Editora Ebal ("O Cara de Pedra")


História:

* "They Call Him Stone-Face" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

Um bandido conhecido como Cara de Pedra está dominando o submundo do crime através de jovens que cometem delitos em seu nome e aterrorizam comerciantes, cobrando-lhes taxas de proteção contra assaltos (que ele mesmo ordena). Entre os jovens "pé-de-chinelo" que trabalham para o criminoso, está Jody Casper, sobrinho de Sam Wilson, também conhecido como o super-herói Falcão. Jody parece encantado com o mundo da grana fácil, mesmo que, pra isso, precise entrar para a criminalidade.

Capitão América auxilia o Falcão a desbaratar a rede criminosa do Cara de Pedra, depois de Jody ser preso por aliciar um comerciante. Quando o criminoso fica sabendo de sua prisão, ordena que ele seja morto, mas seus capangas acabam atingindo a mãe do garoto.

Os heróis vão até o esconderijo do Cara de Pedra e conseguem derrotar sua gangue, prendendo o criminoso. Em especial, o Falcão dá uma bela surra no Cara de Pedra, por este ter se metido com sua família.

Depois do sufoco, Jody finalmente vê que estava na lado errado e decide deixar a criminalidade. Apesar de feliz por ver seu sobrinho andando finalmente no caminho correto, o Falcão se preocupa com outros como ele que podem se encantar por uma suposta vida de enriquecimento fácil. Ou, em suas palavras: "...estou pensando nos milhares de rapazes como ele... esses, talvez, não tenham tanta sorte. Rapazes que perderam a confiança na lei, no mundo... e neles mesmos. Rapazes que não tem em quem confiar.. não tem nada, a não ser a rebeldia contra o sistema. Aonde irão eles? Que poderão fazer? Que chances terão?"

A resposta para a pergunta do Falcão depende dos próprios heróis, quando estes fazem o impossível para salvar pessoas como Jody e, mais que isso, poder servir de exemplo de que lutar pela dignidade ainda pode ser o caminho correto.

A+:

* Curiosa, para não dizer um tanto politicamente incorreta, a apresentação desse novo vilão, o Cara de Pedra. Ele não tem exatamente um superpoder, representando apenas um grande chefão do crime organizado de bairros pobres, especificamente no bairro negro do Harlem, onde o Falcão atua. Seu codinome se deve a parte de seu rosto ser afetado por paralisia facial.

* O Falcão, apesar de agora ser parceiro do Capitão América, também arrumou uma função em sua vizinhança. Sam Wilson age como assistente social e é respeitado por todos que conhecem seu trabalho.

* A parceria com o Falcão é mais definitiva do que se parece. Até mesmo a revista passa a se chamar Captain America and the Falcon. Um "detalhe" que duraria por anos, mostrando o sucesso da dupla e dando um ar mais urbano, com histórias mais voltadas para o submundo do crime, principalmente ambientadas nos bairros pobres onde atua o Falcão. De certa forma, essa ambientação tornaria a revista mais típica do Falcão do que do Capitão.

Isso é reflexo da chamada blaxpoitation, movimento surgido nos anos 70 e que apresentavam obras, principalmente cinematográficas, cujo os atores e diretores (além da temática) eram voltados ao público negro norte americano. Esse movimento também teve grande influência na música, uma vez que as produções apresentavam excelentes trilhas sonoras, feitas por grandes nomes como Isaac Hayes, James Brown, Barry White, Marvin Gaye, entre outros.

sábado, 25 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 133

 - Captain America nº 133 (Janeiro de 1971)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 18, pela Editora Abril ("O poder de Modok")


História:

* "Madness in the Slums" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

Modok anda insatisfeito com suas últimas investidas contra o Capitão América. Para tentar consertar esse inconveniente, o vilão cria um robô chamado Devastador, que é solto para atacar o bairro pobre do Harlem. O efeito dessa ameaça, porém, tem um efeito surpreendente na população local, que acredita que o monstro está ali para destruir os velhos prédios do local, como uma espécie de protesto para a situação dos habitantes. Modok, então, transforma um ataque físico em uma espécie de ataque ideológico ao que o Capitão América representa, uma vez que ele pode transformar-se em oposição aos interesses do povo, quando, na verdade, só está querendo impedir uma grande ameaça.

Com a ajuda de um dispositivo criado por Tony Stark (o Homem de Ferro), Capitão América consegue fazer com que a programação do robô comece a agir de forma contrária a já programada. Dessa forma, a criatura o leva até uma velha igreja, onde o vilão está escondido e comandando. O Devastador acaba causando o desabamento do local, onde Modok é soterrado.

Durante toda essa crise, o herói teve a ajuda do super-herói local, o Falcão, e conclui justamente o que foi motivo de sua visita ao amigo: que o Capitão América encontrou um companheiro de aventuras.

A+:

* A parceria do Capitão América e o Falcão, que vinha sendo ensaiada e, aqui, parece ser concretizada, é mais do que um capricho das histórias do herói. Além de ser um representante negro dentro da comunidade de super-heróis, o Falcão também é uma forma de inserir certa crítica social dentro das histórias. O ataque do próprio Devastador, visto como uma forma de acabar com as chamadas favelas do Harlem, é uma demonstração clara disso. Além do que, há o contraponto racial, uma vez que o branco e loiro Capitão América representa os interesses da nação e o Falcão, dessa forma, poderia representar, lado a lado com o herói, os interesses da parte menos favorecida dessa mesma nação.

Idéia similar a essa vinha sendo aplicada na editora concorrente, a DC Comics, onde era apresentada a parceria entre os heróis Arqueiro Verde e Lanterna Verde, aqui com fortes diferenças políticas, apesar de enfrentarem as mesmas ameaças.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 132

 - Captain America nº 132 (Dezembro de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 16, pela Editora Abril ("O Segredo de Bucky")

História:

* "The Fearful Secret of Bucky Barnes" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

Os segredos do ressurgimento de Bucky são revelados! Desconfiava se tratar de um impostor, mas é algo bem mais insidioso. Trata-se de parte de um plano do vilão Modok.

Modok descobriu que o Capitão América ainda carrega o trauma de perder seu parceiro na Segunda Guerra Mundial. Com isso, vem manipulando boa parte dos últimos acontecimentos. Para terminar seu plano, desafia o vilão Doutor Destino (inimigo do Quarteto Fantástico) a criar um andróide perfeito, capaz de derrotar o Capitão. Orgulhoso, Destino cria a réplica de... Bucky. Inclusive com recordações do verdadeiro (baseado em registros históricos).

Agora, Modok ativa a programação assassina do andróide para que este mate seu inimigo. No início, o Capitão América não entende a fúria do amigo, justificando, inclusive, que deve ser por ele ter falhado em salvar-lhe a vida na Segunda Guerra. Modok ainda tem um trunfo: caso o andróide não consiga matar o herói, irá causar uma explosão fatal para o Capitão.

Mas o vilão não contava com uma peculiar falha no robô. Doutor Destino o fez tão perfeito, incluindo as recordações do Bucky original, que a máquina analisa a amizade entre os dois e entra em conflito com sua programação assassina, que o faz ser derrotado, mostrando ao Capitão que se tratava de um andróide. Para o herói, porém, este episódio só fez a dor da perda de um amigo ser novamente vivida.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 131

 - Captain America nº 131 (Novembro de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 15, pela Editora Abril ("A Ressurreição de Bucky")


História:

* "Bucky Reborn" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

O misterioso Capuz procura o ponto fraco do Capitão América para poder atacá-lo. Chega a conclusão que o herói ainda mantém um forte laço com o companheiro morto, Bucky, e parte para encontrar alguém que possa se passar pelo jovem. Acaba encontrando um lutador de incrível semelhança com Bucky, além de dotes acrobáticos e, para sua surpresa... o jovem está desmemoriado, com amnésia. Com isso, fica fácil convencê-lo de que é o verdadeiro Bucky.

O Capuz atrai atenção da imprensa, divulgando que Bucky está vivo. Isso faz com que o Capitão América vá até o covil do vilão. Este, por sua vez, revela sua identidade: trata-se do Barão Von Strucker, antigo inimigo do Capitão, na época da Segunda Guerra Mundial.

Strucker induz o jovem rapaz a pensar que é o verdadeiro Bucky. O que o vilão não sabia, era de uma recuperação tão rápida do confito. No final, Strucker é derrotado graças a intervenção do jovem que pensa ser Bucky... o que deixa no ar se ele realmente não possa ser.

A+:

* O Barão Von Strucker, na verdade, surgiu nas histórias de Nick Fury passadas na Segunda Guerra. Como se enfrentavam naquele cenário, ficou subentendido que o Capitão América também já tivesse suas rusgas com o vilão, o que foi sacramentado com esta história, que aproveitou para trazê-lo ao presente.

* Um pretenso filme do super-herói Demolidor, contava com a presenta de Von Strucker como principal vilão, liderando um grupo terrorista (no caso, a Hidra) descoberta pelo herói. Esse roteiro teve a colaboração de J. M. DeMatteis, conhecido escritor dos quadrinhos Marvel e DC.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 130

 - Captain America nº 130 (Outubro de 1970)
> Publicada no Brasil na revista A Maior nº 11, pela Editora Ebal ("Encurralado")


História:

* "Up Against The Wall" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

Em seu passeio pelos Estados Unidos em cima de uma moto, Capitão América descobre que os jovens o acham um herói ultrapassado. Descobre isso indo ao cinema (sob sua identidade civil) e vendo um filme onde ele enfrenta o Hulk. Mas ele é determinado demais para ficar abalado com as críticas.

Continuando sua viagem, o herói se depara com um protesto estudantil que saiu do controle e tomou proporções violentas. Com isso, é obrigado a resgatar o diretor do colégio. Esse ato heróico chama a atenção de um produtor de TV que o convida para uma apresentação. Achando que seria uma boa forma de mostrar seu valor aos jovens, o herói aceita o convite.

No estúdio de TV, para sua surpresa, ele é atacado pelo vilão Batroc, que vem acompanhado de outros dois comparsas: Porco Espinho, utilizando uma roupa capaz de disparar espinhos mortais, e Tufão, que utiliza uma armadura que o faz girar em supervelocidade, causando pequenos e mortais tufões.

O herói derrota o trio, mas não desconfia que tudo foi armado pelo misterioso Capuz, que combinou todo o ataque com o produtor de TV, para testar o Capitão. O herói parte sem saber que seu misterioso inimigo o vem observando.

domingo, 19 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 129

 - Captain America nº 129 (Setembro de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 14, pela Editora Abril ("Perigo: 3ª Guerra Mundial")


História:

* "The Vengeance of the Red Skull" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Dick Ayers

O Rei Hassab, do Oriente Médio, está visitando os Estados Unidos e o Caveira Vermelha planeja sequestrá-lo para provocar um conflito internacional... e aproveitar para se livrar de seu inimigo, o Capitão América.

As tropas do Caveira mudam o rumo da comitiva do rei, levando-o a uma cidade onde não será importunado pela guarda nacional. A intenção é colocá-lo em um foguete e mandá-lo para o espaço. O Capitão América consegue se infiltrar na base do vilão e derrotar seus asseclas. Já o rei, ele próprio acaba se livrando do Caveira, quando este se vangloriava sobre o ódio ao herói. No meio da batalha, o próprio vilão acaba dentro do foguete e é exilado no espaço.

sábado, 18 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 128

 - Captain America nº 128 (Agosto de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 13, pela Editora Abril ("Os Anjos de Satã")


História:

* "Mission: Stamp Out Satan's Angels" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Wally Wood

Cansado de se sentir deslocado no ambiente onde vive e decepcionado com seus amigos, Steve Rogers decide comprar uma moto e sair viajando pelos Estados Unidos.

Ao chegar em uma cidadezinha do interior, é confundido com um integrante de uma gangue de motociclistas (além de estar sem capacete... que coisa feia, Steve...) e vai parar na cadeia. O fato chama atenção dos verdadeiros integrantes da gangue, que decidem livrar o "colega" da prisão. Mas percebem que ele não é tão rebelde, uma vez que volta para ajudar o guarda que saiu ferido.

A gangue decide causar confusão em um show de rock que acontecerá na pequena cidade. Steve intervém, agora vestido como Capitão América e consegue impedir os motociclistas. No meio da luta, uma das motos atinge um garoto, que precisa ser hospitalizado. Ironicamente, esse garoto é irmão do líder da gangue, que se arrepende de seus atos.

Observando a distância, o Caveira Vermelha planeja atacar, agora que sabe do paradeiro de seu inimigo.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 127

 - Captain America nº 127 (Julho de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 12, pela Editora Abril ("Acusado de Traição")


História:

* "Who Calls Me Traitor" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Wally Wood

Capitão América participa de um teste de uma nova roupa contra ferimentos da SHIELD. Essa roupa, produzida para todos os agentes da organização, tem seus segredos revelados para os vilões da IMA. Isso significa que alguém dentro da SHIELD é um traidor. O mais estranho é que, na reunião em que todos os participantes dos testes compareceram, apenas a única ausência é apontada como possível traidor: o Capitão América!

Todas as regalias como integrante da SHIELD dadas ao herói são revogadas. Ele então é chamado para participar de um teste contra um andróide construído por Tony Stark, que testará suas capacidades e revelará se quem tem se apresentado na agência realmente é o Capitão América.

O Capitão América, antes de enfrentar o robô, passa por vários testes mortais e consegue (por pouco) escapar. Mas, quando o andróide ataca, ele parece fora de controle, realmente querendo lhe matar. É então que descobre que o próprio cientista que criou a roupa especial, e que agora está manipulando o andróide, é o traidor.

Na verdade, já se suspeitava que o cientista era o traidor, sendo o "teatro" armado com o Capitão apenas isca para ele se revelar. O herói, no entanto, não ficou nem um pouco contente em ser usado. Principalmente por sua amada Sharon Carter estar envolvida. Do seu ponto de vista, além de se preocupar com os seus inimigos, daqui pra frente também teria a mesma preocupação com aqueles que o chamavam de... amigo.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 126

 - Captain America nº 126 (Junho de 1970)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 11, pela Editora Abril ("O Destino do Falcão")


História:

* "The Fate of the Falcon" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Frank Giacoia

O Capitão América vai até o Harlem para encontrar seu amigo Falcão em uma situação peculiar. Ele está ferido e cercado pela polícia em um prédio. Tudo não passa de uma emboscada da gangue liderada pelo vilão conhecido como Cabeça de Diamante, que está aterrorizando o bairro.

Capitão América entra no prédio e todos imaginam que ele irá capturar o Falcão. Lá dentro, o herói tira o uniforme e sai pela porta da frente como um civil (lembrando que sua verdadeira identidade voltou a ser desconhecida), informando que o Capitão América disse estar tudo sob controle. Em seguida, o Falcão, vestido com o uniforme do Capitão, consegue passar rapidamente, enganando a todos.

Os dois heróis investigam os cabeça de diamante e descobrem que está para acontecer uma guerra de gangues entre eles e os integrantes da Maggia. Ao desbaratar uma operação criminosa, a dupla descobre que o Cabeça de Diamante é, na verdade, um dos integrantes da própria Maggia, que está incitando essa guerra, algo que é detido graça aos heróis.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 125

 - Captain America nº 125 (Maio de 1970)
> Publicada no Brasil na revista A Maior nº 8, pela Editora Ebal ("Capturado no Vietnã")


História:

* "Captured in Viet Nam" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Frank Giacoia

Ainda decepcionado por acreditar que Sharon Carter mentiu sobre aposentar-se como agente de campo da SHIELD, o Capitão América procura por ação para poder esquecer o incômodo.

Um noticiário lhe mostra que um dos principais pacificadores e amigos de Steve Rogers foi capturado nas selvas do Vietnã. Partindo para o país, o herói descobre que há mais do que guerrilheiros escondidos. Na verdade, asseclas do vilão Mandarim (inimigo do Homem de Ferro), mostram que o vilão foi responsável pela captura do amigo de Rogers, uma vez que é de seu interesse que a guerra continue.

Levado para o castelo do Mandarim, Capitão América consegue usar seu escudo para escapar das rajadas dos anéis do vilão e, finalmente, resgatar seu amigo, fugindo do local.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 124

 - Chamada Geral nº 0 (Maio de 1970) publicada pela Editora Ebal

História:

* "Chamada geral" - Escrita por Pedro Anísio, desenhada por Eugenio Colonnese

Mais do que uma revista ou item da cronologia, Chamada Geral pode ser um dos itens mais curiosos já publicados no Brasil.

Na verdade, trata-se de um especial comemorando os 25 anos da Editora Brasil-América (Ebal), especializada em quadrinhos (uma das primeiras nesse quesito), onde os personagens publicados por ela comparecem para a festa. Isso culmina com uma espécie de encontro de personagens de diversos tipos, desde super-heróis, passando por personagens de contos de fadas e até mesmo figuras da História do Brasil.

Após a convocação, os personagens comparecem ao prédio da Ebal e lá ficam sabendo um pouco mais da história da editora, bem como sobre o funcionamento interno da empresa.

A+:

* Curiosidade (e b'Ota curiosidade nessa): Quando passeiam pelas instalações da editora, os personagens são guiados por uma espécie de repórter-mirim que aproveita a deixa para entrevistá-los. Esse garoto, no entanto, não era um personagem fictício, mas um dos funcionários "reais" da Ebal. E, em um futuro não muito distante, aquele menino, chamado Otacílio Costa d'Assunção Barros (ou simplesmente Otacílio, como frisa), seria conhecido também como Ota, famoso cartunista e editor brasileiro.

* O desenhista desse especial, Eugênio Colonnese, é um dos mais célebres desenhistas/roteiristas de histórias em quadrinhos no Brasil. De origem italiana, radicou-se no Brasil (país de origem de sua mãe) e ficou famoso pela criação da personagem Mirza, a mulher vampiro.

O notável de seu trabalho nesse especial é a variedade de estilos utilizada para desenhar a quantidade de personagens tão diferentes, do mais realista ao completamente cartunesco.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 123

 - The Avengers nº 76 (Maio de 1970)
> Publicada no Brasil Heróis da TV nº 41, pela Editora Abril ("As Chamas da Paixão")


História:

* "The Blaze of Battle... The Flames of Love" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por John Buscema, artefinalizada por Tom Palmer

Enquanto os Vingadores tentam criar uma máquina que possa viajar para o mundo de Arkon, em outra dimensão, o rei bárbaro tenta cortejar a Feiticeira Escarlate para que seja sua rainha, mesmo que, com isso, tenha de destruir a Terra para salvar seu próprio mundo. A Feiticeira ainda vê certa nobreza em Arkon, mas que foi embrutecida por anos em um mundo em constante guerra. Arkon lhe oferece a flor da vida, que só pode ser colhida por aquela que irá ser esposa do monarca.

Graças aos poderes de Thor (que foi convocado juntamente com o Homem de Ferro), os Vingadores conseguem chegar até Arkon e enfrentar seus exércitos. O monarca, vendo suas tropas caírem, volta para a Terra munido do dispositivo nuclear criado pelos físicos que sequestrou. Parte dos Vingadores volta para a Terra e tenta impedir Arkon de acioná-lo.

No calor da batalha, o conselheiro de Arkon informa que não será mais necessário destruir a Terra para que a luz volte a seu mundo. Graças a genialidade do Homem de Ferro, auxiliado pelas energias convocadas por Thor, o mundo de Arkon voltará a ser iluminado.

Arkon explica que, ao atravessar a barreira dimensional, a Feiticeira Escarlate recuperou seus poderes. No entanto, decide deixá-la na Terra, pois não acha certo que ela se case contra a própria vontade. Restou a heroína apenas uma delicada flor em suas mãos... lembranças de um nobre rei de outra dimensão.

domingo, 12 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 122

 - The Avengers (Abril de 1970)
> Publicada no Brasil Heróis da TV nº 41, pela Editora Abril ("O Guerreiro e a Feiticeira")


História:

* "The Warlord and the Witch" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por John Buscema, artefinalizada por Tom Palmer

A Feiticeira Escarlate misteriosamente perde seus poderes. Para ajudá-la, Mercúrio (seu irmão) e Groxo (colega dos tempos da Irmandade de Mutantes) partem para um castelo onde uma antiga biblioteca pode trazer solução ao problema. Acabam encontrando um antigo livro que, na verdade, abre um portal dimensional que traz o imortal Arkon para a Terra.

Arkon vem de um planeta paralelo que vive constantemente em guerras, sendo ele uma espécie de monarca bárbaro do local. Mas uma tragédia maior do que qualquer guerra se abate sobre aquele planeta. O campo de energia que fornece luz para aquele mundo desaparece e eles começam a definhar. Em todo o planeta, a comida fica escassa e epidemias se espalham. Arkon se vê indefeso contra tal ameaça.

Um dia, o planeta se vê novamente iluminado por um estranho clarão. Os estudiosos do mundo de Arkon explicam que, apesar de momentânea, ela veio de um planeta paralelo chamado Terra, através de uma explosão nuclear causada em testes e que esta explosão acaba gerando luz por um dia no planeta bárbaro. Um solução seria uma explosão nuclear gigantesca que iria gerar luz por um milhão de anos no planeta de Arkon... mas isso destruiría a Terra.

Interessado apenas em salvar seu povo, Arkon lança o livro que é lido pela Feiticeira Escarlate, abrindo assim uma fenda dimensional por onde ele pode invadir a Terra. Sua busca agora se volta a cientistas especializados em física nuclear. Para tanto sequestra três dos maiores especialistas em uma convenção sobre o assunto. Consequentemente, os cientistas de outras nações da Terra se desentendem, imaginando que o ataque de Arkon seja um ato de guerra.

Mercúrio vê sua irmã ser sequestrada e, desesperado, procura informar aos Vingadores sobre o perigo que o planeta corre.

Continua...

sábado, 11 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 121

 - Captain America 124 (Abril de 1970)
> Publicada no Brasil Capitão América 10, pela Editora Abril ("A Ameaça de Ciborg")


História:

* "Mission: Stop the Cyborg" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Joe Sinnott

Quando agentes da IMA falham em capturar o Capitão América, Modok, líder da organização, decide punir seus subalternos com a morte. Exceto um, a quem é dada a chance de participar do Projeto Ciborg, que o transforma em uma gigantesca criatura meio homem, meio máquina.

Na base da SHIELD, Capitão América exige que a agente Sharon Carter abandone missões perigosas para ficar a seu lado, algo que ela aceita passivamente. Trabalhando internamente, Sharon informa o herói sobre uma chamada de Nick Fury, mas descobre que trata-se de uma armadilha para seu amado. Desesperada, a agente parte rapidamente para avisá-lo.

Atendendo a chamada, o Capitão é atacado pelo Ciborg, que acaba capturando Sharon. O herói derrota a criatura causando um curto circuito em seu sistema. É então que fica sabendo que Modok o está perseguindo.

Capitão América se desentende com Sharon, pois acredita que ela e Nick Fury mentiram quando disseram que ela não mais participaria de missões perigosas. Ela o vê partir, sem nem mesmo ter tempo de explicar que apenas foi avisá-lo do perigo.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 120



 - Captain America 123 (Março de 1970)
> Publicada no Brasil Capitão América 9, pela Editora Abril ("O Encanto de Suprema")


História:

* "Suprema, The Deadliest of the Species" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Joe Sinnott

Uma nova vilã surge, juntamente com sua organização criminosa, demonstrando poderes hipnóticos que são, na verdade, aumentados por um dispositivo eletrônico. Seu nome, Suprema.

Juntamente a seu irmão, Suprema invade a SHIELD e domina seus agentes, virando-os contra o Capitão América (que escapou de ser dominado, pois o poder de Suprema refletiu em seu escudo).

O herói pesquisa sobre o casal, de sobrenome Scarbo, e descobre que eles eram artistas que praticavam hipnotismo. Aumentando seu poder com o dispositivo eletrônico, enveredaram pelo mundo do crime. O Capitão destrói o aparelho, fazendo com que a dupla perca o controle sobre os agentes da SHIELD e sejam presos.

A+:

* Susan Scarbo, a Suprema, seria reutilizada mais tarde pela filha do Caveira Vermelha, como a integrante das suas Irmãs do Pecado, conhecida como Madre Noite.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 119

 - Captain America 122 (Janeiro de 1970)
> Publicada no Brasil Capitão América 8, pela Editora Abril ("O Ataque do Escorpião")


História:

* "The Sting of the Scorpion" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Joe Sinnott

Novamente, a depressão e a tristeza por estar fora de seu tempo se abate sobre o Capitão América. Além disso, o herói também está cansado de uma vida de batalhas sem fim.

Para piorar a situação, Steve Rogers é atacado pelo vilão Escorpião (costumeiro inimigo do Homem Aranha), quando este é contratado pela IMA e decide atacar um cidadão comum a cauda de seu uniforme. O Escorpião não sabia, no entanto, que se tratava do Capitão América.

O herói persegue o vilão e descobre uma reunião dos terroristas, derrotando-os também. O que ele não sabia é que, por tabela, acaba ajudando sua amada Sharon Carter, que havia se infiltrado no grupo e esperava uma chance de sair. Chance essa que o Capitão América proporcionou.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 118

 - The Avengers 72 (Janeiro de 1970)
> Publicada no Brasil Heróis da TV nº 40, pela Editora Abril ("Scorpio, o Signo da Morte")


História: 

* "Did You Hear the One About Scorpio?" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Sam Grainger

Rick Jones tenta avisar os Vingadores sobre a ameaça de um vilão chamado Scorpion. Esse alerta é reforçado pela SHIELD que, para a surpresa de todos, anuncia que Nick Fury foi morto. Talvez a surpresa tenha sido um fator na derrota dos heróis, uma vez que o próprio Scorpion aparece e os sequestra.

Scorpion (Escorpião, em inglês) apresenta aos vingadores seus colegas de grupo, também temáticos quanto a sígnos. Trata-se do grupo Zodíaco, cujos cada integrante representa um signo zodiacal. A intenção do grupo é dominar o mundo e subdividi-lo em doze partes, para que cada um deles reine em uma das partes. E, o primeiro aviso a humanidade é justamente matar todos os Vingadores.

Hank Pym, agora como Jaqueta Amarela, ainda mantém seu contato com insetos, graças a tecnologia que criou na época em que atuava como Homem Formiga. Com isso, ele ordena que as formigas entrem no maquinário do Zodíaco e causem danos ao raio que os está paralisando.

Libertos, os Vingadores derrotam o Zodíaco. A surpresa fica por conta de Scorpio, que revela ser Nick Fury disfarçado e revelando que sua morte foi uma farsa para que ele, também, ajude na luta contra a Hidra.

A+:
* Apesar do herói Capitão Marvel constar na capa desta edição, ele não participa efetivamente da história. Na época, Rick Jones servia como alter-ego do herói. Ou mais ou menos isso. O que acontecia é que o corpo do herói estava em uma espécie de outra dimensão. Rick possuía braceletes que, quando tocados, fazia com que ele trocasse de lugar com Marvel, dando a impressão que se transformava nele.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 117

 - Captain America 121 (Janeiro de 1970)
> Publicada no Brasil Capitão América nº 7, pela Editora Panini ("Um Sonho Destruído")


História:

* "The Coming of... the Man-Brute" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Joe Sinnott

O professor Silas Cragg era um criminoso menor que foi colocado na cadeia pelo Capitão América. Desde então, Cragg tem imensa obsessão em acabar com o herói. Sua dedicação o levou a descobrir a origem do Capitão América e os procedimentos utilizados na época para o tornar um super-soldado. Silas consegue recriar um processo similar e precisa de um cobaia para testar. É então que encontra um baderneiro violento na rua e o convence a se tornar tão forte a ponto de derrubar o Capitão América. O experimento parece dar resultado e o homem, agora além de violento, também tem uma força sobre-humana. O Professor Cragg o chama de... Brutamontes.

Cragg vai até a Mansão dos Vingadores para convidar o Capitão América a participar de uma briga simulada para arrecadar fundos a um orfanato. O Capitão ingenuamente vai ao encontro. Chegando lá, surpreende-se com a força do ataque repentino co Brutamontes. Chega a conclusão de que aquilo não é uma simulação. O Brutamontes leva vantagem, pois o Capitão teme pela vida das crianças do orfanato. É então que uma delas avança até a luta e tenta impedir o vilão. Este demonstra estar temeroso em machucar uma criança inocente e foge do local.

O Brutamontes chega até o laboratório de Cragg e explica que uma criança o impediu. Cragg, friamente, questiona porque ele não se livrou do garoto. É então que o Brutamontes chega a conclusão que está brigando apenas para alimentar o ódio contra o Capitão América, com quem, afinal, não tem nada contra. Enfurecido, o Brutamontes causa a morte de Cragg. Antes, lembra que não só ficou tocado com a preocupação do garotinho com o seu herói, o Capitão América. Mas também pelo fato de reconhecer aquela criança: era seu filho.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 116

 - The Avengers 71 (Dezembro de 1969)
> Publicada no Brasil Os Maiores Clássicos dos Vingadores nº 3, pela Editora Panini ("Fim de Jogo")


História:

* "Endgame" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Sam Grainger

O Cavaleiro Negro se sente culpado por condenar a Terra quando interferiu na batalha entre o Golias e o Tufão. Acontece que o desafio da entidade conhecida como Grão-Mestre dizia que haveria um vencedor na luta SEM INTERFERÊNCIAS. Como o Caveleiro Negro auxilou o Golias, o herói foi desclassificado.

Porém, quando o Grão-Mestre leva Golia de volta ao futuro, o vingador acaba carregando a espada Ébano, do Cavaleiro Negro, junto com ele. Como o herói inglês tem uma ligação mística com sua espada, concentrando-se ele é capaz de viajar até o ano 4000, onde os vingadores estão presos.

Enquanto isso, três vingadores são enviados para a França, só que no ano de 1941. Com a capital sendo dominada, eles acabam sendo confundidos com nazistas pelos heróis americanos da época: Os Invasores. Esse grupo de resistência é formado pelo Tocha Humana (não confundir com o do Quarteto Fantástico), Namor, o príncipe submarino e... curiosamente... pelo Capitão América, pois ele agia com os Invasores naquela época. Após uma intensa luta, os vingadores acabam derrotando os Invasores.

Na base de Kang, o vilão trai seu próprio objetivo. Como os vingadores venceram as duas batalhas. Ele ganha o poder de manipular a vida e a morte, o que poderia salvar sua amada Ravonna. Porém decide usar contra os vingadores e os fulmina. Mas, ainda resta um herói que resiste: o Cavaleiro Negro, pois Kang desejou que todos os vingadores morreram. Como o Cavaleiro Negro não é um vingador...

Com Kang derrotado, os heróis voltam a viver e agora cogitam levar o Cavaleiro Negro para suas fileiras. Ele então é aceito como um novo vingador.

A+

* Apesar do grupo ser formado por heróis que eram publicados na década de 40 (e, de fato, realmente se reuniram nos quadrinhos daquela época), aqui é a primeira vez que são chamados de Os Invasores, assim sendo conhecidos daqui pra frente. Na década de 40, onde essas reuniões anteriores ocorreram, sequer a editora se chamada Marvel ou mesmo se tinha uma idéia do que seria o Universo Marvel.

Capitão América e Namor foram reaproveitados nos anos 60, quando Stan Lee começou a formar o que seria seu universo de super-heróis. O Tocha Humana não teve a mesma sorte inicialmente. Mas foi lembrado na figura do integrante do Quarteto Fantástico de mesmo nome. São personagens distintos, sendo que o Tocha Humana dos anos 40 é um andróide com poderes flamejantes.

domingo, 5 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 115

 - The Avengers 70 (Novembro de 1969)
> Publicada no Brasil Os Maiores Clássicos dos Vingadores nº 3, pela Editora Panini ("Quando o Esquadrão Sinistro Ataca!")


História:

* "When Strikes the Squadron Sinister" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Sam Grainger

O primeiro grupo de vingadores a aceitar o desafio do Grão-Mestre ganha a adesão de um recuperado Homem de Ferro (sua recuperação aconteceu na revista mensal do herói). O quarteto de heróis (apenas alguns foram escolhidos) é dividido para enfrentar o Esquadrão Sinistro.

Dessa forma, Capitão América enfrenta o Falcão Noturno na Estátua da Liberdade. Homem de Ferro enfrenta o Doutor Espectro na Índia. Thor enfrenta Hipérion no Egito. E Golias enfrenta Tufão em Londres. Nessa última batalha, há a interferência do Cavaleiro Negro. Apesar desse ser o nome de um antigo inimigo dos Vingadores, na verdade trata-se de um segundo Cavaleiro, que age mais heroicamente, até mesmo protegendo Londres da batalha que se passa por ali.

Basicamente, o "time" dos vingadores consegue vencer todos os desafios. Mas o Grão-Mestre, após as batalhas, os transporta para outro local. Cavaleiro Negro, testemunha da abdução pelo Grão-Mestre se vê na obrigação de segui-los, uma vez que o próprio destino da Terra está em jogo.

Continua...

sábado, 4 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 114

 - The Avengers 69 (Outubro de 1969)
> Publicada no Brasil Os Maiores Clássicos dos Vingadors nº 3, pela Editora Panini ("Que o Jogo Comece")

História:

* "Let the Game Begin" - Escrita por Roy Thomas, desenhada por Sal Buscema, artefinalizada por Sam Grainger

Os Vingadors visitam um hospital para tentar ajudar Tony Stark, que foi gravemente ferido enquanto agia como Homem de Ferro (até então, nem mesmo os vingadores sabiam que se tratavam da mesma pessoa, acreditando que o Homem de Ferro era guarda-costas de Stark). Mas o colega é sequestrado pelo Homem Crescente (que já havia se encontrado com Thor, que o identificou), um andróide capaz de aumentar de tamanho e entrou no local com a estatura de um brinquedo, tornando-se tão gigante quando o prédio do hospital.

O Homem Crescente, na verdade, era um chamariz para atrair os Vingadores até a presença de Kang no ano 4000. O vilão explica que aceitou uma espécie de aposta com uma entidade conhecida como Grão-Mestre, onde colocaria os heróis contra outros poderosos seres escolhidos por ele. Se vencessem, o Grão-Mestre restauraria a vida de Ravonna, amada de Kang que havia sido deixada entre a vida e a morte no último encontro dos Vingadores com o vilão e que agora era mantida em animação suspensa. Se perdessem, o planeta Terra seria apagado da existência. Como a vida da Terra estava ameaçada, e com os argumentos de outro vingador capturado, o Pantera Negra, os heróis decidem participar do desafio.

A batalha é levada para uma espécie de cópia do planeta Terra, onde habitam um outro grupo conhecido como Esquadrão Sinistro... os escolhidos do Grão-Mestre para enfrentar os Vingadores.

A+:

* O Esquadrão Sinistro também pode ser visto como uma espécie de versão da Liga da Justiça, uma vez que esse grupo pertencia a principal editora rival da Marvel, a DC Comics, mas sempre se sonhou com um encontro entre as duas equipes. Dessa forma temos personagens como Doutor Espectro (uma espécie de versão do Lanterna Verde que, ao invés de ter um poderoso anel, carrega uma jóia que lhe dá poderes), Hipérion (versão do Superman) e Falcão Noturno (Batman) e Tufão (Flash).

* O vingador Golias mostrado nessa aventura na verdade é Clint Barton, que era conhecido anteriormente como Gavião Arqueiro. O herói adquiriu poderes de aumentar de tamanho, graças a fórmula criada por Hank Pym, que agia anteriomente como Golias, mas agora participa dos Vingadores com outra identida, o Jaqueta Amarela.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O DIÁRIO DE STEVE ROGERS - Parte 113

- Captain America 120 (Dezembro de 1969)
> Publicada no Brasil na revista Capitão América nº 6, pela Editora Abril ("Destino Incerto")


História:

* "Crack-Up On Campus" - Escrita por Stan Lee, desenhada por Gene Colan, artefinalizada por Joe Sinnott

Uma aventura simples e ao mesmo tempo para lá de bizarra.

Capitão América procura a SHIELD para saber o paradeiro de sua amada Sharon Carter e, como de costume, a agente está em alguma missão. Nick Fury, o diretor da SHIELD, apresenta uma espécie de cadeira que manipula o inconsciente de quem a usa. A desculpa é que a mesma pode trazer algumas respostas ao Capitão América. Na verdade, no incosciente do herói é inserido o classificado de um emprego em uma universidade. Porém, por mais estranho que pareça, as intenções de Nick Fury é enviar o herói para uma missão... e fazer com que ele esqueça a agente Sharon Carter por enquanto.

Capitão América atende ao classificado de emprego de professor de ginástica da instituição e se apresenta como Roger Steves (sua identidade secreta, Steve Rogers, ao contrário). O campus passa por uma turbulenta manisfetação de estudantes que tem muito mais do que aparenta. Na verdade, entre os alunos há agentes da IMA, enviados por Modok para sequestrar um professor que é gênio em cálculos, principalmente referentes a energia nuclear.

Desbaratando o plano dos vilões e agindo como Capitão América, o herói consegue impedir o sequestro. Porém, terminada a "missão", se despede de seu recém-conquistado emprego.