segunda-feira, 30 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 388

 
- Legionnaires 41 (Outubro de 1996)
Histórias:

* "Aftermath" - Escrita por Roger Stern e Tom McCraw, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por W. C. Carani

Após a explosão do satélite pelo Olho Emeralda, Curto Circuito é primeiro a despertar em meio aos destroços. Aos poucos, vai descobrindo outros legionários embaixo de metal retorcido. Apesar da cena desoladora, todos parecem bem... exceto alguns heróis que simplesmente desapareceram. Ele logo percebe isso devido a ausência de sua amada Satúrnia.

Mas há uma urgência mais imediata. O satélite avariado, onde se encontram, está caindo em direção a Terra e será incinerado. Para sorte de todos, Mon-El desperta e é o único capaz de amortecer a queda com o próprio corpo. Ainda assim, após caírem no oceano, o mistério do desaparecimento de sete legionários (além da Imperatriz Esmeralda) permanece.

Antes de serem abduzidos pela vilã, os heróis viram seu companheiro Leviatã ser morto. Ao retornarem do funeral do gigantesco herói, os legionários são sequestrados pela feiticeira Mysa, responsável pelo retorno e novo visual de Kinetix... e aparentemente um nome temido pela arqueóloga mãe da legionária.

Continua...

domingo, 29 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 387

 - Legion of Super-Heroes 84 (Setembro de 1996)

Histórias:

* "Emerald Legion" - Escrita por Tom Peyer e Tom McCraw, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

A nova Imperatriz Esmeralda (no corpo de Violeta) transforma toda a Legião em versões "esmeraldas" e vilanescas. Com esse poderoso grupo reunido, começa a transformar o próprio planeta em uma versão desejada pelo Olho de Ekron.

Satúrnia, graças a seus poderes mentais, consegue escapar desse domínio e, juntamente com Inferno, heroína do grupo rival Workforce, atacam a vilã e seus novos asseclas. Nesse ataque, destaca-se uma bebezinha armada e perigosa que, na verdade, é a policial Shvaugn Erin transformada em bebê mas que ainda mantém a mente de uma adulta.

O poder mental de Satúrnia começa a deixar a lealdade dos legionários em dúvida e estes começam a discordar sobre seguir a vilã. Além disso, Kinetix, ambiciosa por mais poder, ataca diretamente a Imperatriz em busca de dominar o Olho de Ekron. Sua ambição está acima de qualquer dominação mental. Devido a esse conflito em suas vontades, o Olho decide explodir o satélite que serve de base... com todos os heróis dentro.

Continua...

Uma das curiosidades dessa edição é ver as versões "esmeraldas" de cada um dos personagens, alguns com visuais diferentes não apenas nos uniformes. Enquanto dominada, Satúrnia usa uma versão de seu uniforme utilizada na personagem nos anos 70.
 

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 386

- Legionnaires 40 (Setembro de 1996)

Histórias:

* "Emerald/Violet" - Escrita por Tom Peyer, Roger Stern e Tom McCraw, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por w. C. Carani

Violeta, dominada pelo poder do amuleto Olho de Ekron, agora tem poder suficiente para dominar todos os legionários. Teleporta e prende seus colegas nas sala de reuniões e não pensa duas vezes quando tem que transformar alguns em sapos (sim, ela tem poder pra isso, inclusive).

Ainda assim sente a morte de Leviatã e tem como objetivo ressucitá-lo. Envia Mon-El a um planeta onde há rituais para reviver os mortos e coloca cada um dos legionários em uma busca para alcançar esse objetivo.

A mente distorcida dessa nova Imperatriz Esmeralda chega até mesmo a criar uma versão "esmeralda" da Legião.

Continua...

sábado, 28 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 385

 
- Legion of Super-Heroes 83 (Agosto de 1996)

Histórias:

* "Big Tears" - Escrita por Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Doutor Regulus está mais descontrolado e arrumou uma forma de aumentar seu poder... e até mesmo seu tamanho. Absorvendo cada vez mais calor, ainda ameaça o planeta Gallan de posse de equipamentos nucleares.

Para detê-lo, Leviatã não pensa duas vezes em usar material corrosivo... mesmo que isso custe sua vida. Acontece que herói capaz de aumentar o tamanho (seguindo a nova capacidade de Regulus) ainda está traumatizado em ver seus amigos morrerem. Kid Quantum, o primeiro legionário a tombar, perdeu a vida quando ele era líder da equipe. Por isso, arrisca tudo para não errar de novo.

De fato, Regulus é atingido fatalmente pelo material e derrete na frente de todos. Mas isto tem um custo muito alto... Leviatã também é gravemente ferido e morre diante de todos. Violeta, a legionária com poder inverso a ele (ela é capaz de encolher), e atual líder da Legião, emana uma estranha luz verde ao ver Leviatã morrer. Para a surpresa de todos, essa energia emana de um misterioso olho esmeralda flutuante... o Olho de Ekron, o poderoso amuleto que Kinetix busca e que agora transformou Violeta em sua mais nova portadora... um perigosa versão da Imperatriz Esmeralda.

Precedendo este estranho novo poder de Violeta, alguns acontecimentos estranhos ocorrem durante esta aventura como a declaração de amor entre Cósmico e XS, Curto Circuito voltando com seu braço de volta (anteriormente amputado) e o desejo de Alquimista em morrer e se juntar a seus pais. Entende-se que esses efeitos, como se fossem o desejo secreto de cada legionário, são uma forma do Olho de Ekron escolher seu portador. O desejo mais forte vem do portador mais manipulável. Uma versão da clássica história de se vender a alma.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 384


- Legionnaires 39 (Agosto de 1996)

Histórias:

* "Wishful Thinking" - Escrita por Roger Stern e Tom McCraw, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por W. C. Carani

A personalidade de Tríade, que já lhe causava confusão por ser tão diferenciada, agora traz uma novidade para a heroína: os três corpos nos quais ela se divide também apresentam variações de idade, uniforme e até mesmo de líbido. Ou seja, além do corpo original, seus outros corpos agora são os de uma criança e de uma versão pouco mais madura.

A Legião enfrenta o Doutor Regulus, que fugiu da prisão e se esconde no pequeno planeta Gallan. Lá também encontram a Workforce sem que o grupo possa fazer muito em um planeta que foi mergulhado na escuridão. Para ajudá-los, os legionários levam Dirk Morgna, que agora contém seu poder solar dentro de uma vestimenta especial criada por Brainiac 5 e que lhe permite controlar a luminosidade e calor de seu corpo. Regulus é encontrado com sua armadura ainda derretida e fundida a seu corpo. Também continua cego, graças aos disparos de Dirk, mas sua visão se adaptou a "ler" o calor dos corpos que o rodeiam.

E uma pequena comédia de erros que vem acontecendo dentro das fileiras da Legião encontra seu momento mais cômico. Durante muito tempo, Faísca vinha recebendo presentes de um misterioso admirador secreto. Pouco tempo depois, descobriu-se que quem deixava os presentes era ninguém menos que o Rapaz Invisível. Faísca gostou da idéia de um romance com ele mas... o herói apenas prestava serviços ao verdadeiro admirador... Camaleão! Cria-se então um clima de certo desconforto, uma vez que Camaleão tem uma forma humanóide mas é alienígena demais. Até então isso era um segredo entre os três... até que XS fica sabendo e, no meio do refeitório lotado, acaba se empolgando e falando em voz alta sobre o assunto... para constragimento do cômico triângulo amoroso.

Outro romance que vem se desenvolvendo ultimamente está entre os fundadores Cósmico e Satúrnia. Nessa edição, inclusive, oficializam essa situação com o primeiro beijo.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 383

 - Legion of Super-Heroes 82 (Julho de 1996)

Histórias:

* "Lifestyles of the Dead" - Escrita por Tom Peyer e Tom McCraw, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Nos últimos dias, Ultra Rapaz tem sentido uma estranha, misteriosa e intensa dor, não revelando qual o seu problema e nem mesmo dando muitos detalhes do médico da Legião. Em um desses agonizantes ataques, o herói lembra-se de seu falecido amor, a legionária Aparição.

Sentindo que há algo sobre a heroína a ser investigado, Ultra Rapaz segue para o antigo quarto dela e é surpreendido por uma mão que atravessa seu peito tal qual um fantasma. O susto, que levou a pensar em se tratar de sua amada morta, na verdade revela que é a mãe da moça que, assim como todos em seu planeta, tem a capacidade de atravessar objetos sólidos.

Porém, algo estranho ocorre quando Ultra Rapaz sente mais uma fisgada de dor. Os objetos dentro do quarto começam a voar como se o local estivesse sendo atingido por um furacão. Levado as pressas para a enfermaria pela mãe de Aparição, já que desmaiou ao ser atingido por um dos objetos voadores, um surpreendente fenômeno acontece explicando porque vem passando tão mal: Aparição retorna em uma forma etérea! Aparentemente, quando a explosão que destruiu seu corpo ocorreu, ela usou seus poderes para se esconder dentro de seu namorado, mas agora ressurge tal qual um fantasma, sem poder ficar sólida. O mais estranho é que apenas Ultra Rapaz e sua mãe podem vê-la.

Enquanto isso, parte do grupo visita o planeta Xanthu (de onde veio Ástron) e enfrenta um amistoso contra a equipe de guerreiros do local. Uma curiosidade, uma das heroínas de Xanthu é a Rainha Inseto, que tem a capacidade de transformar parte de seu corpo em um inseto gigante e utilizar os poderes deste. Na década de 60, essa mesma personagem era fruto dos poderes bizarros adquiridos por Lana Lang, "namorada" do Superboy. Aqui, em uma homenagem a antiga personagem, o nome da Rainha dos Insetos é Lonna Leing, mas nada tinha de Lana (fora a sonoridade do nome e a aparência).
 

quinta-feira, 26 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 382

 - Legionnaires 38 (Julho de 1996)

Histórias:

* "Trouble On Titan" - Escrita por Tom McCraw e Roger Stern, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por W. C. Carani


Os três legionários fundadores (Cósmico, Satúrnia e Curto Circuito) visitam Titan, terra natal de Satúrnia, depois do incidente diplomático envolvendo o satélite e o planeta Braal (de onde Cósmico é originário). A visita tem a intenção de demonstrar que as duas potências estão em paz e há até mesmo um jogo amistoso do qual Cósmico participa (ele era um astro de magnobol antes de se tornar um legionário).

Há a ameaça de bomba no estádio sem vítimas fatais. Graças aos poderes telepáticos de Satúrnia, a crise é contida, além dela mesma poder ter a chance de enfrentar o que julga serem as trevas de sua própria mente.

De novidade, vemos a primeira eleição democrática para a liderança da Legião dos Super-Heróis (antes, a corrupta presidente Chu era quem dava as cartas). E a vencedora é... Violeta, a nova líder do grupo.

terça-feira, 24 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 381

 - Legion of Super-Heroes 81 (Junho de 1996)

Histórias:

* "S-U-N-D-O-W-N" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

O drama de Dirk Morgna.

O jovem foi transformado em uma espécie de bateria solar viva pelo vilão Doutor Regulus. Desde estão, com seu corpo sendo uma constante fornalha, vive preso em um laboratório para cuidar de seu caso. Uma vez que não pode sequer tocar nenhum material, pois o calor de seu corpo derrete tudo que toca, começa a se sentir por demais solitário devido ao isolamento. Isso faz com que o Dirk saia do laboratório a procura de seu pai.

Alquimista, com seu poder de transmutar qualquer material, tenta conter Dirk em uma redoma de inertron (o metal mais resistente do futuro), mas não consegue ser rápido o suficiente para prendê-lo. Dirk o cega e o herói é levado até Brainiac 5 para ser tratado. Brainiac 5, por sua vez, usando seu intelecto, pede a Alquimista que transmute uma roupa para um material especial. Essa roupa é levada pela velocista XS, que envolve Dirk e faz com que o calor de seu corpo não mais queime tudo que toca, minimizando sua agonia.

Dirk Morgna, o personagem inspirado no herói legionário conhecido como Solar, se tornou um dos mais trágicos heróis do futuro, tanto por sua história passada quanto por essa nova abordagem.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 380

- Legionnaires 37 (Junho de 1996)

Histórias:

* "Decisions" - Escrita por Roger Stern e Tom McCraw, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por w. C. Carani

Edição dedicada a oficialização de novos heróis nas fileiras da Legião dos Super-Heróis. Desde o incomodado e insetívoro Gates, passando pelo Alquimista (que acha estranho ser chamado de Transmutador), Ultra-Rapaz (que tem apresentado estranhas dores que não revela o que é) e até mesmo a volta de Curto Circuito.

Mas o mais descolocado de todos, sem dúvida, é Valor. O super-herói que ficou preso em uma dimensão adjacente por mil anos é considerado um mito no futuro. Alguns planetas, inclusive, o consideram uma espécie de deus, sendo a religião em seu nome uma das mais seguidas no universo. Valor aprende que a religião tem essa face: forma-se em volta do nome de alguém que não pode contestar. Ele ficou "de fora" por mil anos e as histórias sobre seus feitos se transformaram em uma crença. Isso, na verdade, o incomoda... e muito. Ele quer ser tratado como igual, agir como herói. Algo que é difícil quando todos ficam encantados com a presença de alguém considerado santo.

Para deixá-lo mais a vontade, o bilionário R. J. Brande (agora presidente da Terra) o convida para conversar em sua sala. Nela, Valor encontra vários artefatos do passados colecionados pelo bondoso empresário. Desde um bumerangue de Batman até uma capa do Superman (que ele conheceu no presente).

Valor surpreende Brande sobre seus conhecimentos da raça que habitava o hoje desértico planeta Marte (os dois conversam, inclusive, nesse local). Acontece que os marcianos haviam sido extintos muitos anos até mesmo da época da qual Valor veio. A explicação é que, enquanto esteve na dimensão adjacente, pôde vislumbrar vários eventos de outras épocas. E aprendeu muito sobre a cultura marciana.

Voltando a base da Legião, usando um novo uniforme, Valor decide desmitificar-se para que não seja mais tratado como santo homem. Utilizando um novo uniforme, muda seu nome para... M'Onel, que significa "aquele que vagou pelo espaço" na linguagem marciana.

domingo, 22 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 379

 - Legion of Super-Heroes 80 (Maio de 1996)

Histórias:

* "Trust" - Escrita por Tom Peyer e Tom McCraw, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Emocionante final de um período negro no início de carreira da Legião. Há vários problemas a serem resolvidos ao mesmo tempo. Deter o Quinteto Fatal. Impedir a guerra entre Braal e Titan. Mas o olho do furacão de problemas está mesmo na sala onde a embaixadora Wazzo fez de refém a presidenta da Terra e Brainiac 5. Aparentemente, há uma interligação entre esses problemas e a grande manipuladora aparenta ser a embaixadora, enlouquecida pela morte de sua filha Aparição na frente de combate com a Legião dos Super-Heróis.

O grupo responsável por deter o Quinteto consegue cumprir a missão. Inclusive os próprios vilões chegam a se desentender, já que Tharok tenta usar poderosos mísseis contra o planeta onde estão operando, mas seu colega de vilania, Mano, dissolve metade do seu corpo pois não quer morrer em um ataque suicída. Já a tensão junto a Titan é evitada por Satúrnia e seu mentor titaniano.

Na sala onde está a embaixadora, Brainiac 5 consegue escapar por um momento e atacá-la. Mas leva um tiro fatal! A embaixadora, chocada pelo que acabou de fazer deixa-se dominar pela presidenta... que surpreendentemente começa a chamá-la de fraca, mas que isso ajudou para que ela pudesse provocar uma guerra entre potências e, ao mesmo tempo, reunir o Quinteto Fatal para destruir a Legião. Ou seja, a verdadeira manipuladora era a corrupta presidenta da Terra.

Mas as coisa não acabam tão mal quanto parecem. Enquanto "confessava" seus planos à embaixadora, uma câmera transmitia tudo para o povo, que viu quem sua líder política é de verdade. Nesse momento, Cósmico e R.J. Brande entram na sala e tudo mostra ser uma armadilha.

Cósmico tomou conhecimento do esquadrão de espionagem formado dentro da Legião e o usou para desmascarar a tirana. Quem estava na sala não era a embaixadora... mas Camaleão disfarçado. Portanto, o tiro que Brainiac 5 levou era de mentira. Os outros legionários que foram encontrados na sala da embaixadora, mortos, apenas usaram seus poderes para simular a própria morte (Camaleão simulou que seu corpo derretia, Rapaz Invisível usou seus poderes para deixar invisível sua carne, fazendo com que encontrassem "apenas" seu esqueleto na sala...).

Desmascarada, a presidenta é presa e R.J. Brande, apesar de seus próprios protestos, é eleito o presidente interino. O grupo, vitorioso, é anistiado de qualquer obrigação para com o governo. Estão livres para agir não como um grupo governamental, mas como a Legião dos Super-Heróis!

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 378

- Legionnaires 36 (Maio de 1996)

Histórias:

* "To the Rescue" - Escrita por Roger Stern e Tom McCraw, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por Ron W. C. Carani

Derrotados pelo Quinteto Fatal, os legionários recebem a surpreendente ajuda de um grupo muito seleto de amigos: Curto Circuito (com uma prótese no lugar do braço decepado pelo Lorde Relâmpago), Valor, Jan Arrah (o último tromiano), Andrômeda (que todos - exceto Cósmico - acreditavam estar morto), Ultra Rapaz, XS (que acaba de voltar ao futuro) e Kinetix (teleportando-se e surprendendo-se consigo mesma em sua nova aparência... no qual adquiriu uma cauda!).

O grupo de resgate, secretamente reunido por Cósmico (sem que a presidenta soubesse), consegue dar vantagem aos heróis. O Quinteto, no entanto, percebendo a desvantagem se teleporta para um planetóide onde tem acesso a um poderoso arsenal. Como se não bastasse o poder do Quinteto, os legionários ainda se deparam com um clima de guerra entre Braal (planeta natal de Cósmico) e Titan (de onde veio Satúrnia, que é convocada e avisada que seu colega de equipe agora é o inimigo).

Cósmico divide o grupo em três equipes. O grupo que vai a Terra procura a embaixadora Wazzo (mãe da falecida Aparição) que parece ter enlouquecido e tem certa influência na tensão entre as potências planetárias. Enlouquecida mesmo! Ela simplesmente mata o grupo de legionários que foi vê-la, escapa com seu poder de ficar imaterial (natural de sua raça) até chegar diante da presidenta e Brainiac 5 (que estava prestes a ganhar anistia por sua ajuda em Trakon-Galtos), matando os dois.

Continua...

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 377


- Legion of Super-Heroes 79 (Abril de 1996)

Histórias:

* "The Fatal Five" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd
Reunir os cinco piores criminosos do universo em um só local não foi uma idéia tão boa assim, afinal. Os Cinco Fatais (como são chamados) foram convocados pelos legionários na prisão de Takron-Galtos, mas se organizam de forma a até mesmo dominar os heróis.

Pressentindo o pior, uma das encarregadas do local faz com que o andar em que heróis e vilões estão reunidos seja ejetado da prisão, o que não diminiu a segurança dos legionários, afinal. O problema é que todos estão correndo risco de vida e será a prova para saber até onde os vilões podem ser inescrupulosos.

Uma novidade é que Brainiac 5, que estava preso no local, se junta ao seu antigo grupo simplesmente saindo da cela onde estava... pois sua inteligência era capaz de dar a resposta para que a cela se abrisse.

Continua...

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 376

- Legionnaires 35 (Março de 1996)

Histórias:

* "While You Were Out..." - Escrita por Tom McCraw e Roger Stern, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por C. W. Carani

Enquanto os legionários passam apuros com o Quinteto Fatal e o Devorador de Sóis, sua base é invadida por estranhíssimos alienigenas. Para defender o local, um grupo bem disfuncional se vira como pode. São Rond Vidar (o diretor do Instituto do Tempo), Shvaugn Erin (a policial que é contato da Legião com a Polícia Científica), a Garota do Futuro (a menina que foi trazida do passado pelo vilão Chronos e, de dez anos de idade, passou a ter vinte rapida e misteriosamente, empolgada em criar uma identidade secreta pra si mesma), Chuck Tayne (o engenheiro que tem reconstruído a base), Tenzil Kem (o cozinheiro bismoliano capaz de comer qualquer material), e Sr Marla, assistente de R. J. Brande junto a Legião.

Descobrem que os invasores podem se dividir em pedaços que se tornam novos invasores e até mesmo mudar de forma. Fora a primeira capacidade, acreditavam até mesmo que fossem durlanianos (raça capaz de alterar suas formas, como o herói Camaleão). Mas descobrem que se tratam de uma forma de protoplasma inteligente capaz de se adaptar a situações. Uma dessas gosmas fica tocada pelo fato da "Garota do Futuro" não deixá-la morrer e se entrega. A garota, que trata o protoplasma como se fosse um bichinho de estimação, dá-lhe o nome de Proty.

Enquanto isso, na Austrália, XS finalmente consegue voltar para o futuro onde pertence.

Interessante e divertida edição que aproveita muito bem o elenco de apoio das aventuras da Legião dos Super-Heróis. Quem passa a escrever as aventuras da Legião nessa edição é o veterano escritor Roger Stern.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 375


- Legion of Super-Heroes 78 (Março de 1996)

Histórias:

* "The Gathering Doom" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Os legionários se devidem em duplas para convocar os cinco maiores criminosos do universo para ajudar na crise contra o Devorador de Sóis.

Enquanto isso, a presidenta da Terra aproveita a situação para uma estratégia política arriscada: promete que os legionários irão resolver a situação e livrar todos os planetas que são filiados aos Planetas Unidos. Com isso todos aqueles que não são filiados por motivos diversos irão se aliar para livrar sua pele.

A capa dessa edição é uma homanenagem a revista Adventure Comics 352, publicada em janeiro de 1967 (resenhado na parte 56 de nossos artigos), onde surgiu o grupo de vilões Quinteto Fatal, reintroduzidos nessa edição.
 
 

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 374

- Legionnaires 34 (Fevereiro de 1996)

Histórias:

* "Fallen Star" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por C. W. Carani

Depois de derrotados por um estranho inimigo de armadura que tem o poder de dissolver qualquer material, a única esperança da Legião está nas mãos de Violeta. A diminuta heroína surpreende ao atacar o inimigo com uma ferocidade e destreza bem diferentes da pessoa tímida que demonstrava até então (sua personalidade parece estar mais solta e ela parece mudada, assim como o novo visual que usa a partir de então). Ao atacá-lo, no entanto descobre que por dentro da armadura está Jan Arrah, o alquimista sobrevivente do planeta Trom.

Os legionários, salvos por Violeta, investigam a mente de Jan e descobrem que ele foi manipulado pela embaixadora Wazzo, mãe da falecida Aparição, e que culpa os heróis pela morte de sua filha na crise contra os daxamitas. Ao mostrar as provas com as imagens mentais de Jan para a presidenta, uma tela ao fundo chama a atenção de todos. Nela há uma imagem do espaço mostrando um Devorador de Sóis, criatura gigante que faz jus ao nome, sendo capaz de devorar um sol inteiro, destruindo todos os planetas em sua órbita.

Para enfrentar essa nova e gigantesca ameaça, a presidenta apresenta criminosos que foram preparados justamente para esse tipo de crise: Mano, conhecido inimigo da Legião capaz de destruir um planeta inteiro com apenas um toque; Tharok, com metade de seu corpo ciborgue e inteligência acima do normal... e psicopatia idem; Validus, uma fera selvagem capaz de disparar rajadas elétricas e mentais; Persuasor, que maneja uma machado capaz de cortar objetos com uma lâmina afiada o bastante para atravessar átomos e a cruel e sanguinária Princesa Venegar. Os legionários tem que ser rápidos em resolver o problema antes que esse quinteto fatal entre em ação.

sábado, 21 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 373

- Legion of Super-Heroes 77 (Fevereiro de 1996)

Histórias:

* "Lock Up" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Uma viagem pela complexa mente de Brainiac 5. Seu único superpoder é a incrível inteligência com a qual nasceu. E, acreditem, isso não é pouca coisa. Porém a criação e amadurecimento do herói lhe deu a característica arrogância e até mesmo o caráter anti-social que o tornam tão misterioso.

Preso em uma cela de Trakon-Galtos (devido a sua viagem no tempo, que era proibida no futuro), Brainiac 5 recebe a visita de uma telepata de Titan (da mesma raça que Satúrnia), que tenta entrar e entender detalhes de sua vida através de uma viagem a sua conturbada mente.

Descobre que, apesar de gênio, Brainiac 5 teve uma vida um tanto solitária, ocupando-se, desde a infância, com descobertas científicas que eram impulsionadas por sua voraz curiosidade. Desde criança, o herói tinha sede de conhecimento o suficiente para ignorar até mesmo a segurança envolvida em seus experimentos.

Mas também é revelado que o lado sentimental do personagem era eclipsado por seu comportamento introspectivo, até mesmo como uma forma de autodefesa. Essa defesa chegou perto do limite desde entrou para a Legião e sentiu, solitariamente, a inveja (do Rapaz Invisível, que criou os anéis de vôo), a paixão (secreta e platônica pela heroína Andrômeda) e a frustração (quando soube da morte de sua amada Andrômeda, sem poder revelar seus sentimentos).

A origem de sua impulsão em represar sentimentos, no entanto, estava no fato de sua mãe tê-lo abandonado no dia do seu nascimento, motivo pelo qual foi criado em internatos e laboratórios. Apesar de todo o conhecimento adquirido, a única e mais importante descoberta que a mente de Brainiac 5 não desvendou... era o rosto de sua mãe.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 372

- Legionnaires 33 (Janeiro de 1996)

Histórias:

* "The Inhuman Touch" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por W. C. Carani

Quando mostrado detalhes de sua origem, a personagem Kinetix participava de uma descoberta arqueológica com a legionária Violeta. Sua intenção na verdade, era encontrar objetos mágicos que lhe dessem mais poder. De certa forma, ali era mostrado uma espécie de desvio de caráter da personagem que, apesar de já ter o superpoder de manipular e moldar objetos inanimados, ansiava por mais e mais poder. A busca termina em algo que a surpreendeu: sobrecarregada, acaba perdendo TODOS os seus poderes.

Desde então a personagem ficou inutilizada como legionária. Buscando resolver seu problema, viajou através de um portal estelar para outro canto do universo, quando dentro do portal, deu o azar do mesmo ter sido destruído pelos daxamitas do Triângulo Branco, ficando presa entre as dimensões. Ao tentar fazer sua nave sair, acabou esgotando todas as reservas vitais da mesma e ficou pairando pelo espaço.

Encontrada por uma estranha feiticeira chamada Mysa, Kinetix foi apresentada a um poderosíssimo amuleto temido em todo o universo: o Olho Esmeralda. Em sua ânsia por mais poder, a heroína demonstra ambição para conquistá-lo... algo que o amuleto, na verdade, ansiava em encontrar em sua nova portadora.

Início da origem de uma famosa vilã da Legião, sob um ponto de vista bem particular.

Enquanto isso o grupo participa de uma missão em outro planeta, a mando a presidenta da Terra, afim de libertar o mesmo de andróides que são capazes de derreter qualquer material... inclusive o próprio ar. Sufocados pelos robôs, o grupo tem suas vidas nas mãos da pequenina Violeta.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 371

- Legion of Super-Heroes 76 (Janeiro de 1996)

Histórias:

* "Bouncing Back" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Desde as mortes de Aparição e Andrômeda, o líder dos legionários, Cósmico, vem sendo colocado contra a parede pela presidenta da Terra. Um dos segredos que é guardado por ele devido a obedecer ordens é que Andrômeda não morreu, mas está presa no Planeta Inferno. Tamanha tensão tem feito o herói se tornar uma espécie de ditador dentro do grupo, impondo disciplinas dentro da Legião... algo que o tem feito cada vez mais solitário e deixando insatisfeitos seus colegas.

Dois novos integrantes são aceitos dentro do grupo: Ástron, capaz de aumentar a massa de seus alvos, e Portal, um alienígena em forma de inseto (mas em tamanho humano) capaz de criar portais através dos espaços. Essa é outra escolha sem o consentimento do grupo, apesar de não haver problemas com os novos integrantes. Exceto por Leviatã, que já havia tentado recrutar Portal e foi recebido com desdém. A antipatia diante do novo colega causa uma pequena briga entre Cósmico e Leviatã.

Outro antigo personagem da Legião é reinserido de forma peculiar. Trata-se do antigo Saltador. O próprio título da história comemora sua volta (o nome original do personagem, em inglês, era Bouncing Boy). Mas não temos um novo herói e sim um jovem engenheiro gordinho que é responsável pela manutenção da sede (destruída na luta contra Chronos). Chuck Taine, como é conhecido, apesar de não ser um super-herói (e idolatrar quem é) traz todo o espírito de equipe com seus positivismo, confessando sua admiração pelo grupo e lembrando o quanto eles são importantes para as vidas que salvam. Algo que precisava ser ouvido por todos em um momento em que a desunião bate a porta dos legionários.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 370

- Flash 112 (Abril de 1996)

Histórias:

* "Future Perfect" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Anthony Castrillo, finalizada por Hanibal Rodriguez

Quando todos esperavam a volta do Flash (Wally West) da fonte de velocidade... eis que surge o Flash do futuro. Este Flash já havia aparecido antes e cuidava do legado do herói em uma época futura.

O surgimento (aparentemente acidental) do deslocado herói dá a chance de XS finalmente voltar pra casa. Afinal, através do conhecimento que ele tem de viagens no tempo, aliado a tecnologia do futuro, lhe possibilita reconstruir um antigo equipamento utilizado pelos Flashs do passado: a esteira temporal. Essa esteira funciona como uma esteira de academia, mas é alimentada pela supervelocidade dos heróis que, quando aplicada na mesma, faz com que atravesse o tempo e até mesmo dimensões.

O Flash do futuro, em supervelocidade, reconstrói uma versão da esteira e XS começa a correr sobre ela... até desaparecer. Das trapalhadas feitas por esse novo herói, essa foi a ação mais útil até então.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 369

- Impulse 12 (Março de 1996)

Histórias:

* "Sonic Youth" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Humberto Ramos, finalizada por Wayne Faucher

Após livrarem um astro do rock de problemas, XS e Impulse vêem o mesmo desmaiar após o ser abordado por uma fã mais afoita, que o derruba. Para não deixar o público sem um show... os dois assumem os instrumentos e os tocam em supervelocidade, até aprenderem a manejá-los corretamente... e até agradar com sua "música".

Apesar de fazerem uma grande dupla, XS se despede de seu primo, com intento de voltar ao seu futuro. Conforta o rapaz dizendo que lá é o lugar dela, assim como o dele é ficar no passado com sua avó Iris e seu mentor Max Mercúrio.

Uma aventura descontraída como todas apresentadas na revista do Impulso, assim como o próprio personagem é.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 368

- The Flash 111 (Março de 1996)

Histórias:

* "Dead Heat - Final Lap: Godspeed" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Oscar Jimenez, finalizada por Jose Marzan Jr

Após derrotar os ninjas de Savitar em seu próprio castelo, Flash tem uma nova preocupação: o vilão está correndo para matar Linda (sua namorada) e Iris West.

Aqui, XS segue as orientações de Iris, que já viveu no futuro e sabe o destino desse embate. XS corre lado a lado de Flash para avisá-lo de que não deve abater o vilão. Ao invés disso, dá a ele o que tanto deseja: entrar no campo de velocidade ao qual apenas alguns velocistas são capazes. Lá chegando, Savitar é dissolvido pela força invisível da velocidade.

XS ainda continua no passado e é testemunha da volta de um Flash... mas não é o herói que conhecemos e sim um Flash do futuro.

Continua...

terça-feira, 17 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 367

- Impulse 10 (Janeiro de 1996)

Histórias:

* "Dead Heat - Third Lap: Disaffected Youth" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Humberto Ramos, finalizada por Wayne Faucher

Xs permanece em vigília no quarto de Max Mercúrio, que fugiu do castelo de Savitar e se feriu. No hospital, reúne-se com sua avó, Iris West, esposa de Barry Allen, o primeiro Flash (nesta época, o Flash era Wally West, também sobrinho de Barry).

O quarto onde está Max é invadido por ninjas de Savitar. Os velocistas (inclusive XS) reagem e derrotam os asseclas do vilão. XS acaba sendo ferida na batalha, mas nada tão grave. Quem salva o dia é Impulso, que passou a história sem sua supervelocidade (que desaparece momentaneamente) e a recupera no último instante.

Max acorda e prepara uma ofensiva para ajudar Flash e Jesse Quick, que foram atrás do vilão. Pede a XS que cuide de Iris e Linda (namorada do Flash) contra outros ninjas que possam surgir.

Continua...

domingo, 15 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 366

- The Flash 109 (Janeiro de 1996)

Histórias:

* "Dead Heat - Second Lap: A Swiftly Tilting Planet" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Oscar Jimenez, finalizada por Jose Marzan Jr.

XS e Impulso são salvos dos ninjas do vilão Savitar por ninguém menos que... o Flash! Com isso, a legionária conhece pessoalmente o mitológico herói, que também é seu primo por uma questão de viagem temporal. Já dominando a língua inglesa, a heroína consegue explicar para Flash sobre suas origens e a época da qual veio. Como o herói já sabia de sua descendência futura através de sua tia Iris (que foi quem viajou ao futuro e causou essa confusão de parentesco), crê rapidamente no que a jovem legionária conta.

A edição é focada em contar a origem do vilão Savitar, talvez o homem mais rápido do que todos os velocistas e que ganhou superpoderes na época da guerra fria. Savitar também criou asseclas ninjas que se valem da supervelocidade para matar e está a caça de outros velocistas.

Max Mercúrio, até então refém de Savitar, consegue escapar e chegar até a casa onde estão os heróis. Explica sobre a localização do castelo do vilão. XS até tenta ir junto para enfrentar a ameaça, mas Flash pede que fique pois, apesar de confiar no instinto heróico da moça, ainda não conhece seu estilo e isso pode atrapalhar quanto a um trabalho em equipe.

XS fornece uma "arma" que pode fazer a diferença contra Savitar... seu anel de vôo da Legião, que permite ao portador voar. Flash dá o anel para Jesse Quick, a mais nova supervelocista, para que ela o auxilie contra o vilão.

Continua...

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 365

- Impulse 9 (Dezembro de 1995)

Histórias:

* "Running in the Family" - Escrita por Mark Waid, desenhada por Humberto Ramos, finalizada por Wayne Faucher

As aventuras de Xs enquanto perdida no tempo. A legionária se desgarrou do grupo na primeira viagem temporal que fizeram e foi parar no mesmo período/destino da viagem, porém em um lugar diferente de seus companheiros. Para se localizar e ter alguma ajuda na volta pra casa, ela procura um outro velocista que é ninguém menos que seu primo: Impulso.

Impulso é um garoto que também nasceu e desenvolveu seus poderes de velocidade no futuro e foi levado ao passado, onde está sendo treinado por outros heróis velocistas. O grupo de pessoas com supervelocidade é encabeçado por ninguém menos que o super-herói Flash. O mentor de Impulso, no entanto, é o velocista Max Mercúrio. As aventuras do jovem herói são marcadas por um humor gráfico decorrente de suas ações... hã... impulsivas... e quase sempre irresponsáveis. Acaba sendo uma espécie de comédia de erros com super-herói, uma vez que as confusões que se mete acabam ajudando de alguma forma contra diversos vilões.

Como Mark Waid era responsável pelas aventuras envolvendo heróis velocistas (Flash e Impulso) e também, até então, participava dos roteiros da Legião dos Super-Heróis, a impressão que se tem é que estava preparando terreno para trabalhar com a personagem XS.

O principal problema de XS nessa viagem é a barreira da linguagem, motivo pelo qual procura por Impulso. No futuro, como a Terra é frequentada por várias raças alienígenas, criou-se uma língua universal, o interlac, que se tornou comum entre as raças. Para XS, em uma época em que o interlac ainda não existia, inglês era algo arcaico e até mesmo esquecido. Como parte da vida de Impulso se passou no futuro, o jovem tinha certo conhecimento de interlac, o que ajudou na comunicação entre ambos.

Também são exploradas as diferenças culturais entre as épocas. XS, por exemplo, não tinha necessidade de uma identidade secreta, uma vez que, no futuro, a Legião age abertamente diante do público. Mas essa liberdade acaba causando momentos constrangedores para Impulso, que tem a necessidade de uma identidade secreta em sua época (como a maioria dos super-heróis).

A ajuda para XS voltar ao futuro não viria de Impulso, uma vez que ele serviu apenas de intérprete e guia no mundo "do passado". Quem poderia lhe ajudar era o mentor Max Mercúrio... mas este se encontra em poder o vilão Savitar e seus ninjas... ninjas que, inclusive, estão atacando supervelocistas... e já encontraram Impulso e XS. Péssima hora para legionária visitar seus parentes...

Continua...

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 364

- Legionnaires 32 (Dezembro de 1995)

Histórias:

* "Here And Now" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por C. W. Carani


A intromissão do vilão Chronos no futuro causou a explosão da plataforma temporal de Brainiac 5 e destruiu parte do prédio da sede da Legião. Pior que isso, também deixou o gênio legionário preso em uma forma etérea já que ele estava viajando ao passado (em busca da legionária XS) e agora, sem a plataforma, não há um local correto para se voltar.

Chronos, por sua vez, acaba conseguindo voltar e tenta destruir os legionários. No entanto, sua assistente, Lori, consegue ganhar tempo para que o grupo empurre o vilão para a forma quase solidificada de Brainiac 5. Isso acaba fundindo os dois corpos (que ocupam o mesmo espaço ao mesmo tempo), mas Brainiac 5 acaba retornando, fazendo com que Chronos desapareça.

Apesar da aventura ter a supervisão de Rond Vidar, do Instituto do Tempo, experiências temporais são proibidas por lei. A presidenta Chu fica sabendo da tentativa e a polícia chega ao local após a batalha. Sabendo que a plataforma temporal foi criada por Brainiac 5, os policiais dão voz de prisão ao legionário. Cósmico, seguindo cegamente as ordens da presidente, nada faz para ajudar o amigo.

sábado, 14 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 363

- Legion of Super-Heroes 75 (Dezembro de 1995)

Histórias:

* "2-Timer" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Diferente de um evento que acontece apenas nos anuais da revista, a editora DC Comics lançou uma saga que teve repercussão em todos os seus títulos mensais. Trata-se de A Vingança do Submundo, onde vários vilões famosos de suas revista (em sua grande maioria, um segundo escalão de vilões fracassados) tem a chance de ampliar seus poderes para derrotar seus inimigos. Para isso, bastava vender a alma para o demônio Neron.

No título da Legião, o grupo enfrenta um vilão que nem mesmo pertence a seu tempo, mas aproveitou a ponte temporal fornecida por uma integrante que se perdeu na viagem no tempo. A velocista XS viajou vagando pelo fluxo temporal até ser encontrada por Chronos, que a levou a sua época e estudou sua viagem. O vilão então parte para o século XXX onde enfrenta os legionários.

Chronos também havia feito um pacto com o demônio Neron e sua capacidade de viajar no tempo era muito mais eficiente. Também era dono de um equipamento, guardado em sua luva, que permitia envelhecer suas vítimas. Como nenhum pacto com demônios fica sem cobrar seu preço, Chronos envelhecia a cada vez que usasse seu poder.

O vilão é desmascarado por XS, que descobre que adolescentes estão presos e envelhecidos em sua mansão, e enfrenta a heroína ao mesmo tempo que está no futuro enfrentando a Legião. Curioso o recurso narrativo utilizado nessa história, mostrando que as mesmas falas do personagem no passado, se encaixam perfeitamente e sem alteração em sua versão futura. Ou seja, a mesma fala do vilão é utilizada em cenas diferentes... e mesmo assim fazem sentido.

XS derrota Chronos destruindo sua luva. O vilão foge e ela utiliza o equipamento para trazer os jovens de volta a sua idade verdadeira, bem como ela mesma, que havia sido envelhecida. As aventuras da heroína no passado continuarão, uma vez que Brainiac 5, que havia partido para o fluxo temporal em seu resgate, não a encontrou devido a intromissão de Chronos.

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 362

- Legionnaires 31 (Novembro de 1995)
> No Brasil, publicado na revista Superboy nº 7, pela Editora Abril, em Maio de 1997.


Histórias:

* "One Thousand Year of Solitude" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por C. W. Carani

Superboy e os Legionários foram capturados pelo vilão Necrófago, trasformados em elementos diversos graças a pedra filosofal que ele carrega. Camaleão, que havia sido preso em cristal, consegue mudar de forma e tomar controle da situação, libertando seus amigos. No armazém, conseguem finalmente o dispositivo que permitirá a Brainiac 5 libertar Valor.

O problema da volta do mitológico Valor é que ele se tornou uma espécie de figura adorada por algumas raças, criando-se até mesmo uma religião para venerá-lo. Uma das legionárias que é fanática por sua existência é Tríade. A missão era pra ser secreta mas, graças a tagarelice de Superboy, o público fica sabendo da tentativa de se trazer Valor de volta e isso faz com que vários fanáticos apareçam na frente da sede.

Brainiac 5 e Superboy vão até o público montar o dispositivo para trazer Valor de volta. Quando ele é ativado... o aparelho se desmancha. O público, decepcionado, deixa o local sem ver seu ídolo de volta. O "fracasso" foi planejado por Brainiac 5 para que o público não invadisse a sede em um arroubo de fanatismo. Secretamente, ele e Superboy vão até um deserto, onde a verdadeira máquina consegue trazer Valor. Brainiac 5 aplica o soro para inibir o envenenamento por chumbo, motivo pelo qual Valor ficou exilado mil anos na dimensão adjacente. Este soro é o mesmo criado para curar envenenamento semelhante em Andrômeda que, assim como Valor, também é daxamita e vulnerável ao chumbo.

Valor estranha o fato de ser tratado como divindade, e até se sente incomodado com isso. Briga com Tríade, que o trata como uma espécie de deus, acusando pessoas como ela que "dirtorceram seu passado pra se encaixar em suas crenças e dar sentido às suas vidas" (interessante ponto de vista sobre religião, de uma forma geral).

Brainiac 5 utiliza a máquina do tempo para buscar XS (que se perdeu no fluxo temporal na visita ao passado) e aproveita para levar Superboy de volta a sua época.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 361

- Legion of Super-Heroes 74 (Novembro de 1995)
> No Brasil, publicado na revista Superboy nº 7, pela Editora Abril, em Maio de 1997.


Histórias:

* "Prisoner of the Super Heroes" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Jogado acidentalmente por Brainiac 5 no futuro, Superboy conhece o restante da Legião. Inicialmente Brainiac 5 e Superboy não se dão muito bem devido a diferença de caráter. Essa acaba se tornando uma edição com um humor acima do comum, principalmente em torno do Superboy, que não poupa em lembrar do mal nome de Brainiac (o mesmo nome de um famoso inimigo do Superman).

Na tentativa de resgatar Valor, o gênio legionário não consegue trabalhar com a tecnologia da época do garoto de aço. Para resolver essa carência de equipamentos e tecnologia, lembra de um planeta onde há relíquias do passado que podem ajudá-los. Lá chegando, Superboy se surpreende com a quantidade de quinquilharias de diversos heróis e vilões de sua época (inclusive sua jaqueta e sua carteira).

Mas nada surpreende mais o Superboy do que encontrar, dentro do armazém, seu inimigo do passado, Necrófago. O vilão tornou-se uma espécie de guardião do local e não permite que a Legião se intrometa. Usando uma pedra filosofal, transforma e prende os heróis em diversos como madeira e cristal.

Continua...

terça-feira, 10 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 360


- Superboy 21 (Novembro de 1995)
> No Brasil, publicado na revista Superboy nº 7, pela Editora Abril, em Maio de 1997.


Histórias:

* "Making History" - Escrita por Karl Kesel, desenhada por Tom Grummett, finalizada por Doug Hazlewood

O Superboy aqui apresentado é bem diferente do herói original que ostentou esse nome no passado. Não se trata de um Superman jovem, mas de um personagem distinto. É um clone criado com base no homem de aço e com fontes que seriam exploradas e detalhadas no futuro. Jovem e impulsivo (quase irresponsável), o herói usa a insígnia do Superman e sua base de operações é o Havaí.

Um grupo de legionários viaja até o passado afim de encontrar uma forma de tirar Valor de uma dimensão adjacente e acaba esbarrando nesse jovem herói. Como é quase uma tradição entre heróis que nunca se viram, o primeiro contato é marcado por um desentendimento inicial que os faz brigar (em parte devido aos legionário não poderem se explicar, uma vez que a linguagem do futuro, o interlac, soa desconhecido para Superboy).

Graças a ajuda de Satúrnia, que comunica-se mentalmente, tudo é explicado e os heróis parecem se entender. Brainiac 5, por outro lado, irritado com a tecnologia ultrapassada da época, acaba cometendo uma gafe e levando este Superboy para o futuro juntamente com seu grupo.
 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 359

 - Legionnaires 30 (Outubro de 1995)

Histórias:

* "Struck By Lightning" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Jeffrey Moy, finalizada por C. W. Carani

Curto Circuito e Lorde Relâmpago estão cercados pela Polícia Científica. Mesmo assim, o vilão psicopata não pensa duas vezes em abater as naves. Mas um reforço inesperado chega para auxiliar o ex-legionário: sua irmã (e consequentemente, irmã de Mekt), Faísca.

O herói tenta afastar a irmã do local, avisando que seu irmão já não é mais o mesmo e que a sede por energia o enlouqueceu. No batalha, Mekt dispara uma rajada contra Curto Circuito que decepa seu braço. O herói só sobrevive pois seus poderes elétricos cauterizam o que restou. Mekt, enlouquecido, não sente o menor remorso pelo que fez e ainda ameaça a própria irmã.

Unidos, Curto Circuito e Faísca, disparam contra Lorde Trovão que, ao contrário do herói, sangra normalmente (Curto Circuito, ao perder o braço, jorrou energia elétrica). Isso significa que seus poderes sumiram temporariamente, dando chance para os policiais o prenderem. Curto Circuito é inocentado.

Enquanto isso, na base da Legião, Brainiac 5 descobre que o mitológico herói Valor está preso em uma espécie de dimensão adjacente e que foi mandado para lá no século XX, pelo também lendário herói Superboy. Para salvá-lo, os legionários decidem viajar ao passado de Superboy afim de descobrir uma forma de retirar Valor da dimensão a que está preso.

Continua...

domingo, 8 de maio de 2011

LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS - Parte 358

 - Legion of Super-Heroes 73 (Outubro de 1995)

Histórias:

* "End of the Road" - Escrita por Tom McCraw e Tom Peyer, desenhada por Lee Moder, finalizada por Ron Boyd

Vagando pela cidade, agora desempregado, Curto Circuito acaba usando seus poderes elétricos e sendo confundido com outro criminoso que também tem os mesmos poderes. Preso, descobre que está mais próximo do que imaginava de seu irmão, Mekt, que agora atende pelo nome de Lorde Relâmpago.

Apesar de ganhar a confiança de um oficial, o ex-legionário o vê ser eletrocutado quando seu próprio irmão invade a cadeia e o resgata. Levado ao planeta onde se encontram as feras elétricas, que lhes deram poderes, descobre que Mekt viciou-se em poder. O vilão alveja algumas das feras, enfurecendo as sobreviventes a ponto que lhe disparem mais descargas de eletricidade... e lhe dêem mais poder.

Os irmãos são abordados por várias naves da Polícia Científica... acusados de terem assassinado um oficial.

Continua...